Notícias

Ibovespa fecha semana em alta de 0,66%, apesar de pregão negativo com PETR4 e VALE3

Índice e dólar desceram no dia com desempenho das commodities, com VALE3 e PETR4 puxando as perdas; saiba mais

Dados macroeconômicos acima das expectativas, no Brasil e nos EUA, derrubaram índices nesta sexta-feira. Foto: B3

A bolsa de valores hoje fechou em queda depois de iniciar o dia no positivo, mas o desempenho ruim não foi suficiente para derrubar o resultado semanal. Por outro lado, o dólar encerrou a sessão desta sexta (9) e a semana em queda.

A cautela dominou o mercado brasileiro na véspera do feriado prolongado de Carnaval. Além disso, há feriado de uma semana na China por conta do Ano Novo Lunar, o que reduz as movimentações na bolsa.

Hoje, o desempenho das ações relacionadas a commodities empurrou o Ibovespa para baixo. Nesse sentido, as petroleiras 3R (RRRP3), Prio (PRIO3), PetroRecôncavo e Petrobras caíram em bloco.

Da mesma maneira, no setor de siderurgia e mineração, Vale (VALE3), CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5) registraram perdas.

Assim, Ibovespa fecha a sessão em queda de 0,15%, a 128.025,70 pontos. Nesta sexta, o principal índice da bolsa manteve o desempenho negativo depois da forte queda do pregão anterior. Saiba o que derrubou o Ibovespa na quinta-feira (8).

Na semana, o Ibovespa subiu 0,66%. Por outro lado, no ano, o resultado é negativo: -4,59%.

Dólar hoje

Anteriormente, o dólar havia fechado o pregão em queda. A moeda norte-americana desceu 0,67%, a R$ 4,9613, depois de ter se aproximado dos R$ 5 no pregão anterior.

Na semana, dólar registrou queda de 0,38% em relação ao real.

Da mesma maneira, o DXY, que mede o desempenho global do dólar, recuou 0,05%, a 104,11 pontos.

Ações em alta

Confira as empresas que mais subiram na bolsa.

  • Banco Mercantil (BMEB4) +13,34%
  • IMC (MEAL3) +11,31%
  • Alpargatas (ALPA4) +7,48%
  • MRV (MRVE3) +6,87%
  • Tenda (TEND3) 6,28%

Ações em baixa

Veja também as companhias com as maiores quedas do dia.

  • Grupo SBF (SBFG3) -11,06%
  • Agrogalaxy (AGXY3) -9,91%
  • Americanas (AMER3) -4,41%
  • Vittia (VITT3) -4,07%
  • Qualicorp (QUAL3) -3,83%

Os rankings contemplam todas as ações da bolsa, que pertencem ao Ibovespa e outros índices ou não, com volume de negociação acima de R$ 1 milhão no dia. As cotações foram apuradas às 18h07 e podem ter atualizações.

Bolsas mundiais: Nova York

As bolsas de Nova York fecharam sem sincronia nesta sexta-feira, com o S&P 500 alçando um nível inédito acima dos 5 mil pontos no fechamento do pregão, com a propulsão das ações das grandes empresas de tecnologia. Da mesma maneira, o Nasdaq avançou mais de 1%.

Em contrapartida, o Dow Jones  não conseguiu acompanhar o movimento e caiu.

No fim da sessão, o S&P 500 fechou em alta de 0,57%, no patamar recorde dos 5.026,61 pontos. O Nasdaq avançou 1,25%, aos 15.990,66 pontos, depois de chegar a alcançar os 16 mil pontos, na máxima intraday, pela primeira vez desde novembro de 2021. O Dow Jones caiu 0,14%, aos 38.671,69 pontos.

Na semana, o S&P subiu 0,04%, enquanto o Nasdaq ganhou 1,37% e o Dow Jones teve variação de +2,31%.

Bolsas mundiais: Europa

As bolsas da Europa fecharam sem direção única nesta sexta-feira, enquanto investidores digerem dados da inflação da Alemanha e dos Estados Unidos, maior economia do mundo e parceiro comercial do bloco europeu.

Também no radar, dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) voltaram a alertar sobre a necessidade de evidências de queda da inflação rumo à meta de 2%, antes do corte de juros ser considerado.

Em Frankfurt, o DAX fechou em queda de 0,22%, a 16.926,10 pontos, mesmo após a pesquisa do Destatis confirmar que a taxa anual do índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês) da Alemanha desacelerou significativamente em janeiro, a 2,9%.

Em Londres, o índice FTSE 100 caiu 0,31%, a 7.571,98 pontos.

Em Paris, a ação da Hérmes saltou 4,80%, depois que a empresa de artigos de luxo superou projeções de lucro e receita em balanço  divulgado nesta sexta. O índice CAC fechou em queda de 0,22%, a 7.649,07 pontos.

Entre outras praças europeias, o índice IBEX 35 também recuou 0,09%, a 9.896,60 pontos, em Madri. Por outro lado, o FTSEMIB fechou em alta de 0,30%, a 31.156,06 pontos, em Milão, enquanto o PSI20 subiu 0,28%, a 6.129,95 pontos, em Lisboa. Todas as cotações são preliminares.

Exterior

Além disso, olhos estão atentos aos movimentos na China. “Empresas listadas atendem pedido do governo de incentivar o mercado, e isso pode ser positivo para a volta do feriado”, destaca Alvaro Bandeira, economista e coordenador da Comissão de Economia da Apimec Brasil.  

Cenário local

No Brasil, os olhos estão voltados para a operação da Polícia Federal, que prendeu o presidente do Partido Liberal, do ex-presidente Jair Bolsonaro. A operação tira o foco sobre as rusgas entre Executivo e Legislativo que marcaram as últimas semanas e a discussão fiscal no país.

“Na volta do feriado, deve ser retomada a discussão de relacionamento entre Executivo e Legislativo”, avalia Bandeira.

Petrobras divulga resultados operacionais

Ainda com foco no Brasil, a Petrobras divulgou os resultados operacionais do quarto trimestre de 2023, que antecedem a divulgação do balanço trimestral com todos os números da empresa.

A produção de óleo e gás da Petrobras (PETR3, PETR4) subiu 10,9% no período.

“Esperamos que a companhia reporte, mais uma vez, resultados fortes no período, sustentados por sólidos números operacionais e um ambiente de preços ainda altos de petróleo e de derivados”, diz a equipe de Equity Research do Itaú BBA.

“Entretanto, o destaque do resultado deve ficar para o potencial anúncio de dividendos extraordinários”, acrescentam os especialistas.

Serviços no Brasil

O volume de serviços domésticos registrou um avanço de 0,3% na transição de novembro para dezembro, proporcional a uma queda de 2% em relação ao mesmo mês de 2022. O resultado vem mais fraco que o esperado.

“Com esse resultado o setor encerra 2023 com um crescimento de 2,3%, o terceiro ano seguido de expansão, mas com a quarta contração consecutiva na comparação interanual, que contava com uma sequência de 30 meses de avanço”, detalha Igor Cadilhac, economista do PicPay.

Serviços às famílias volta ao nível pré-pandêmico

Houve expansão na demanda em três das cinco atividades analisadas na pesquisa. A principal contribuição positiva foi dos serviços prestados às famílias, que cresceu 3,5% e finalmente conseguiu ultrapassar o nível pré-pandêmico.

Em seguida, vieram os transportes (+1,3%) e os serviços de informação e comunicação (+0,2%). Por outro lado, os recuos foram em serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,7%) e os outros serviços (-1,2%).

Com informações do Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias