Mercado

Ibovespa encerra estável com Lei das Estatais parada no Senado

Bolsa do Brasil (B3) fechou praticamente estável, em leve queda de 0,01% aos 103.737 pontos. Dólar encerrou com elevação de 0,25% a R$ 5,31, em linha com exterior

Balcão da b3 em frente a uma tela com gráficos
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3. Ele registra o desempenho do mercado durante o pregão.

Por Redação B3 Bora Investir

A Bolsa do Brasil (B3) encerrou o penúltimo pregão da semana próxima da estabilidade, apesar do dia mais uma vez ter sido marcado por forte volatilidade. Os investidores se animaram com a notícia de que as mudanças na Lei das Estatais haviam perdido força no Senado – o projeto não está na pauta da casa. Com isso, as ações da Petrobras e do Banco do Brasil voltaram para o positivo, após a queda forte de ontem.

O avanço do Ibovespa só não foi maior por conta de dois fatores. O primeiro: a declaração do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de que não se cuida dos pobres se ficar olhando a política fiscal. O segundo: o mau humor internacional diante da declaração do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, da necessidade de estabilizar os preços e que os juros podem demorar mais para cair do que o mercado esperava.

Diante desses cenários, o índice da Bolsa do Brasil fechou em leve baixa de 0,01%, aos 103.737 pontos. Na máxima do dia atingiu 105.483 pontos. Os papéis preferências da Petrobras (PETR4) avançaram 2,52% e os ordinários (PETR3) subiram 2,80%. As ações com direito a voto do Banco do Brasil (BBAS3) encerraram em alta de 2,41%.

No câmbio, o dólar comercial seguiu a tendência do exterior e fechou com valorização de 0,25%, negociado a R$ 5,31 – após atingir a máxima de R$ 5,34.

Lei das Estatais

O projeto aprovado nesta semana pela Câmara altera a Lei das Estatais que tem como um dos objetivos barrar interferências políticas nas empresas vinculadas ao governo federal. A lei está em vigor desde 2016.

Pela mudança proposta, o projeto diminui de 36 meses para 30 dias a quarentena de pessoas indicadas à presidência ou à direção de empresas públicas que tenham ocupado estrutura decisória de partido ou participado de campanhas eleitorais.

As alterações, que seriam discutidas no Senado nesta quinta-feira, estacionaram na casa.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias