Mercado

Ibovespa inicia outubro com queda de 1,29%; dólar vai a R$ 5

Ibovespa cai 1,29% com ruídos no mercado americano, enquanto apenas 13 ações do índice sobem; dólar vai a R$ 5,06

Ibovespa
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

O Ibovespa, o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil, fechou o pregão no vermelho, estreando o mês de outubro com desvalorização de 1,29%, cotado a 115.056 pontos. Na contramão, o dólar avançou com investidores observando movimentações no na renda fixa dos Estados Unidos.

O Inteligência Financeira levantou que apenas 13 ações tiveram alta no Ibovespa. O índice sofreu o impacto de queda das perdas de 1,90% e 1,50% para os papéis ON e PN da Petrobras (PETR3;PETR4), respectivamente.

Dólar na bolsa de valores hoje

O dólar, por sua vez, se fortaleceu contra o real. A moeda americana subiu 0,79%, cotada a R$ 5,06. Ao mesmo tempo, os títulos de renda fixa dos Estados Unidos tiveram alta no fim do pregão desta tarde.

No cenário internacional, a moeda ameriacana também se valorizou. O DXY registrou alta de 0,73% contra pares de economias desenvolvidas, como o iene japones e o euro. O índice está no patamar de 107,00 pontos.

Melhores ações da bolsa de valores

Entre as ações que mais se valorizaram na bolsa hoje, o primeiro lugar ficou com a varejista têxtil Springs. O papel ordinário da empresa avançou 29,49%. Do Ibovespa, o Fleury (FLRY3) teve a maior alta, subindo 3,37%.

Abaixo estão as melhores ações da B3 nesta segunda-feira. A lista contempla ativos com volume de negociação no dia igual ou superior a R$ 1 milhão e foi atualizada às 17h32, passível de ajustes.

  1. Springs ON (SGPS3): 29,49%
  2. Sequoia Logística ON (SEQL3): +13,73%
  3. M. Dias Branco (MDIA3): +4,93%
  4. Schulz PN (SHUL4): +3,73%
  5. Fleury ON (FRLY3): +3,37%

Piores desempenhos da B3

Por outro lado, os ativos preferenciais da imobiliária BR Properties (BRPR3) tiveram o pior desempenho da bolsa de valores hoje. A ação despencou 34,92%.

  • BR Properties ON (BRPR3): -34,92%
  • Recrusul PN (RCSL4): -20,25%
  • Americanas ON (AMER3): -13,68%
  • TC ON (TRAD3): -10,91%
  • Vamos ON (VAMO3): -8,41%

Bolsas internacionais

No exterior, as bolsas dos Estados Unidos fecharam mistas no pregão desta segunda-feira, também o primeiro de outubro para o mercado americano. Com os prêmios das Treasure Notes no radar, investidores operaram com cautela.

O índice Dow Jones registrou queda de 0,22%, estacionando em 33.433 pontos. Em contrapartida, o S&P ficou estável, com ligeira alta de 0,01%, aos 4.288 pontos. A Nasdaq atingiu valorização de 0,67%, ao patamar de 13.307 pontos.

Do outro lado do Atlântico, as bolsas europeias fechara em forte baixa na sessão desta segunda-feira. Os mercados acionários do Velho Continente foram pressionados pela escalada dos retornos de títulos públicos globalmente, em meio às preocupações com taxas de juros mais altas por mais tempo em economias avançadas. Leituras de indicadores de indústria sugerindo contração econômica na Europa também prejudicaram o apetite por risco.

O índice inglês FTSE 100 fechou em queda de 1,28%, aos 7.510 pontos. Na zona do euro, o DAX, de Frankfurt recuou 0,91%, aos 15.247 pontos. Em Paris, o CAC 40 cedeu 0,94%, aos 7.068 pontos, enquanto em Milão o FTSE MIB perdeu 1,39%, aos 27.849 pontos. Já em Madri, o Ibex 35 caiu 1,16%, aos 9.319 pontos. Por fim, em Lisboa, o PSI 20 teve baixa de 0,42%, aos 6.064 pontos.

Com informações do Estadão Conteúdo

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias