Mercado

Mercados financeiros hoje: dia deve ser volátil com investidores à espera de decisões do Fed e Copom

Expectativa é de manutenção de juros nos EUA e de um novo corte de 0,5 p.p. no Brasil

Fachada do prédio sede do Banco Central do Brasil.
Banco Central liberou consulta para valores deixados em bancos comerciai e outras instituições financeiras Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

As decisões de juros do Comitê de Política Monetária (Copom), no Brasil, e do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc), nos Estados Unidos, serão conhecidas nesta quarta-feira (13/12). A decisão do Federal Reserve é acompanhada da atualização de projeções e do gráfico de pontos e é sucedida por coletiva com o presidente da instituição, Jerome Powell. Lá fora, destaque ainda para a inflação ao produtor (PPI) e o relatório mensal da Opep sobre o mercado de petróleo. Aqui, sai ainda o volume de serviços de outubro.

Exterior de olho em discurso de Powell e em projeções do Fomc

As bolsas internacionais, na Europa e mercado futuro em Nova York, operam em leve alta nesta manhã, com as praças do Velho Continente reagindo a indicadores locais antes da decisão do Fed. A produção industrial da zona do euro recuou 0,7% em outubro, na margem. Já a produção industrial do Reino Unido encolheu 0,8% em outubro ante setembro.

Os juros dos Treasuries operam mistos nesta manhã, o petróleo ronda a estabilidade e o dólar está levemente mais forte ante outras moedas.

Para o Fed, a aposta é de manutenção da taxa na faixa de 5,25% a 5,50%. Se confirmada, essa será a terceira manutenção consecutiva de taxa, depois de 11 elevações desde março de 2022. As atenções estarão na mensagem de Powell e nas projeções financeiras. Recentes dados macroeconômicos interpretados como positivos por investidores têm alimentado as expectativas quanto ao início da redução de juros já em março de 2024.

No Brasil, mercado espera Copom e se mantém atento ao Congresso

O sinal positivo dos futuros de Nova York podem ajudar o Ibovespa, mas a sessão pode ser volátil em meio à espera pelas decisões do Copom e do Fed. O EWZ, principal fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) do Brasil negociado em NY, caía 0,51%, às 7h08 no pré-mercado.

Antes das decisões dos bancos centrais, o mercado olha a pesquisa de serviços. Para o Copom, a expectativa é de novo corte de 50 pontos-base da Selic, para 11,75%, e sinalização do BC de que deve manter esse ritmo nas próximas reuniões.

O investidor pode também ficar sensível às notícias vindas do Congresso. Ontem o Senado aprovou, em votação simbólica, o projeto de lei de regulamentação das apostas esportivas. O texto foi alterado em relação ao aprovado na Câmara, o que significa que os deputados terão de analisar as modificações antes de encaminhá-lo à sanção presidencial. O relator do projeto, senador Angelo Coronel (PSD-BA), estima que o governo deve arrecadar R$ 10 bilhões por ano.

Em recado de insatisfação com governo, a Câmara não deve votar a MP da Subvenção do ICMS antes de o Congresso apreciar os vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principalmente aos projetos do arcabouço e da retomada do chamado “voto de qualidade” no Carf. Integrantes da Fazenda têm tentado sensibilizar parlamentares para avançar com a proposta, essencial para a equipe econômica reduzir o déficit no ano que vem. A previsão é de que as novas regras para tributação federal em casos de benefício estadual levantem mais de R$ 35 bilhões para a União em 2024. O PL apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação contra essa MP.

Também no radar está a reforma tributária, prevista para ser votada no plenário da Câmara amanhã, enquanto no Senado é esperada também para esta quinta-feira a sessão para análise do veto ao projeto de lei que prorroga a desoneração da folha de pagamentos está na pauta da reunião.

*Agência Estado

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias