Notícias

Nubank sai da Bolsa? O que vai acontecer com os BDRs do banco digital

Anúncio de troca de nível dos BDRs do banco não significa que o Nubank deixará de estar disponível para o investidor brasileiro

Aplicativo do Nubank no celular. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
O banco manterá sua presença na bolsa, mas seu ticker será alterado durante a mudança do BDR do Nubank. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Nesta quinta-feira, 15, o Nubank pegou todos de surpresa ao anunciar que iniciou um processo voluntário para descontinuidade de seu Programa de BDRs Nível 3 no Brasil e a mudança para para o Nível 1. Mas na prática o que isso afeta o investidor?

A decisão do Nubank de mudança de nível do seu BDRs na bolsa brasileira não afeta a oferta do ativo da companhia aos investidores brasileiros. O que muda é que o banco digital deixará de se submeter à supervisão da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), órgão brasileiro, e apenas responderá aos órgãos reguladores dos Estados Unidos.

Assim, os BDRs de Nível 3 do Nubank continuam sendo negociados na bolsa brasileira, onde a mudança só poderá ocorrer após aprovação da B3 e da CVM. Além disso, o Nubank precisará cumprir o prazo de 12 meses de sua listagem para oferecer os BDRs de Nível 1, segundo regra da CVM.

O banco manterá as letras do seu ticker na bolsa, porém, com a mudança de nível, a numeração será alterada, passando de NUBR33 para NUBR31. O BDR de Nível 1 do Nubank seguirá os mesmos padrões do BDR da XP, que hoje é listada na Nasdaq, mas pode ser acessado pelos investidores no Brasil.

Motivo da mudança do Nubank

Em fato relevante emitido pela empresa, o banco justificou a mudança como um meio de diminuir despesas, deixando a dupla listagem, nos EUA e no Brasil, e assumindo menos compromissos regulatórios. A companhia também reforçou que não é sua intenção deixar sua ligação com o Brasil e o mercado nacional.  

De acordo com o documento, “a proposta para a Descontinuidade do Programa de BDRs Nível III tem como objetivo maximizar a eficiência e minimizar redundâncias consequentes de uma companhia aberta em mais de uma jurisdição. A administração da Companhia afirma que a presente deliberação não afeta o compromisso de longo prazo do Grupo Nubank com o Brasil, tampouco com o mercado de capitais brasileiro.”

+ Por que uma empresa muda seu ticker?

O que acontece com quem já tem o BDR Nível 3

O Nubank detalhou que quem já detém os BDRs da empresa terá três opções conforme a mudança de nível seja feita. São elas:

  • Continuidade como acionista da empresa na possibilidade do recebimento proporcional de ações (cada ação equivale a 6 BDRS) do Nubank negociadas na NYSE (Bolsa de Nova York);
  • Troca dos BDRs de Nível 3 para os de Nível 1, na proporção de 1 para 1;
  • Venda dos BDRs em processo de venda facilitado, a ser instituído pela companhia;

O Nubank afirma que manterá o mercado e seus acionistas informados dos próximos passos da mudança, conforme o processo de descontinuidade dos BDRs Nível 3 evoluam.

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias