Organizar as contas

Dinheiro esquecido acumula R$ 7,59 bilhões; saiba como consultar valores a receber

A consulta é gratuita e online feita por meio do site do Banco Central

Moedas de dinheiro brasileiro
Moedas de dinheiro brasileiro

Por Redação B3 Bora Investir

Ao menos R$ 7,59 bilhões ainda não foram sacados do sistema financeiro e continuam “esquecidos”, de acordo com as estatísticas referentes a dezembro do ano passado e divulgadas na quarta-feira (7) pelo Banco Central (BC).

O Sistema de Valores a Receber (SVR) já devolveu R$ 5,73 bilhões, de um total de R$ 13,32 bilhões postos à disposição pelas instituições financeiras.

Para saber se você tem algum valor a receber, basta entrar no site do Banco Central. Não é cobrada nenhuma taxa para fazer a consulta, que é gratuita e online.

Segundo o Banco Central, a maior parte das pessoas e empresas que ainda não fizeram o saque têm direito a pequenas quantias. Os valores a receber de até R$ 10 concentram 63,38% dos beneficiários. Os valores entre R$ 10,01 e R$ 100 correspondem a 25,21% dos correntistas. As quantias entre R$ 100,01 e R$ 1 mil representam 9,69% dos clientes. Só 1,71% tem direito a receber mais de R$ 1 mil.

Depois de ficar fora do ar por quase um ano, o SVR foi reaberto em março de 2023, com novas fontes de recursos, um novo sistema de agendamento e a possibilidade de resgate de valores de pessoas falecidas. Em março, informou o BC, foram resgatados R$ 505 milhões esquecidos. Em outubro, foram retirados R$ 178 milhões, queda em relação ao mês anterior, quando tinham sido resgatados R$ 264 milhões.

Veja, a seguir, como recuperar o dinheiro esquecido.

Passo a passo

  • Para consultar se tem algum valor a receber, acesse o site do BC e digite seu CPF e data de nascimento. Já para pessoas jurídicas é necessário digitar o CNPJ e data de abertura da empresa. Caso apareça que possui valores, então basta clicar no botão “Acessar o SVR” e verificar como solicitar os valores.
  • Escolha uma chave Pix e informe seus dados pessoais para receber os recursos. É importante salvar o código com o número de protocolo para entrar em contato com a instituição, caso algum imprevisto aconteça. Segundo o BC, o tempo previsto para receber o valor é de até 12 dias úteis, ou seja, não conta feriados.
  • O BC ainda alertou que a instituição financeira pode entrar em contato para confirmar sua identidade ou tirar dúvidas sobre a melhor forma de devolver os valores esquecidos. Porém, nenhuma entidade solicita senhas, então, não forneça nenhuma senha por telefone porque pode ser golpe. 

Dinheiro a receber de alguém falecido

Neste caso, o BC explicou que apenas quem é herdeiro, testamentário, representante do espólio ou representante legal é que pode solicitar essa modalidade.

Ao entrar no site do BC, você irá informar o CPF e a data de nascimento da pessoa falecida e preencher um termo solicitado.

Não há prazo para a devolução do dinheiro e não é possível pedir o resgate diretamente pelo sistema. Com isso, você terá que entrar em contato com a instituição financeira para combinar a forma de apresentar a documentação necessária.

Quer organizar as suas finanças pessoais? Acesse o curso gratuito e online do Hub Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.