Tesouro direto

Tesouro Direto cria plataforma de apoio e investimento para negócios de impacto

Estão previstos investimentos da ordem de até R$ 5,2 milhões, destinados aos empreendedores que serão apoiados no primeiro ano da iniciativa

Investimentos de impacto ganham cada vez mais destaque no mercado financeiro. Foto: Pixabay
Investimentos de impacto ganham cada vez mais destaque no mercado financeiro. Foto: Pixabay

O Programa Tesouro Direto, em parceria com a B3, anuncia hoje a criação do TD Impacta, uma plataforma inédita de apoio e investimento para negócios de impacto. A iniciativa é voltada a impulsionar soluções em educação financeira, além de outras temáticas complementares, que tenham potencial de geração de impacto positivo na sociedade. No primeiro ano, estão previstos investimentos de até R$ 5,2 milhões em formato de grants (doação) para até 40 negócios de impacto – uma soma expressiva de recursos para programas de fomento no ecossistema de empreendedorismo de impacto nacional. 

As três organizações – Tesouro Direto, B3 e Artemisia – estão unidas em torno de um objetivo em comum: acelerar soluções de impacto positivo no Brasil. O resultado esperado é fomentar um pipeline de negócios de impacto inovadores para o país. Para isso, os parceiros irão mapear soluções em todo o Brasil e apoiar os empreendedores selecionados nos pontos mais críticos e determinantes para o avanço e crescimento dos negócios por meio do suporte qualificado e da oferta de capital a todos os participantes.

TD Impacta está em linha com a missão do Programa Tesouro Direto e da B3 de promover a educação financeira dos brasileiros e estimular a formação de poupança no país. Com a iniciativa, as organizaçõesdão um passo em direção ao apoio a empreendedores que têm criado produtos e serviços inovadores para endereçar soluções a alguns dos grandes problemas contemporâneos socioambientais. A Secretaria do Tesouro Nacional e a B3 têm por compromisso a construção de um futuro sustentável para o Brasil e, com base nesta missão, identificaram a oportunidade de ajudar a impulsionar novos negócios do ecossistema de impacto, associados aos desafios do Tesouro Direto. 

Temas prioritários

Nesse primeiro ano da iniciativa, os realizadores buscam soluções em quatro grandes temáticas prioritárias em linha com os objetivos do Tesouro Direto, nas quais a atuação dos negócios de impacto pode contribuir para mudanças significativas na sociedade: Educação Financeira e Soluções Financeiras Inclusivas; Educação Profissionalizante e Acesso a Emprego e Renda; Educação Inclusiva e Tecnologias Assistivas; e Meio Ambiente e Economia Circular (com foco na inclusão econômica de grupos vulneráveis). A seleção priorizará negócios inovadores – com modelos viáveis e com alto potencial de crescimento – e conduzidos por empreendedores com capacidade de execução e clara intencionalidade de gerar impacto positivo. 

Inscrições e benefícios

As inscrições estarão abertas pelo site (www.tdimpacta.com.br). Estarão credenciados a participar empreendedores de impacto de todo o Brasil, que podem se inscrever de acordo com o estágio de maturidade do negócio: Criação (para talentos interessados em empreender, que querem tirar uma ideia do papel e transformá-la em um negócio); Aceleração (para startups e empresas early stage que tenham um protótipo ou MVP desenvolvido e precisam de apoio para desenvolver o modelo de negócio); e Inovação Aberta (negócios em estágio de tração ou escala, interessados em fazer uma prova de conceito ao lado dos parceiros da iniciativa). 

Como visão de futuro para a plataforma, os parceiros antecipam que devem anunciar novos desdobramentos da iniciativa nos próximos meses. Entre os benefícios para os 40 selecionados estão: acesso a um programa gratuito e on-line; metodologia de ponta para impulsionar o avanço e impacto positivo da solução; e aproximação com os produtos do Tesouro Direto. Os selecionados receberão, ainda, recursos financeiros alinhados à modalidade do programa e, ao longo da jornada, serão avaliados de acordo com critérios de desempenho e engajamento; ao final do processo, serão definidos – entre os participantes de cada categoria – os destaques qualificados ao recebimento de um valor adicional. 

Na categoria Criação, serão selecionados até 20 empreendedores que receberão, cada, R$ 20 mil; ao final, um montante de R$ 250 mil será dividido entre até cinco participantes que se destacarem. Em Aceleração, os 10 selecionados receberão R$ 40 mil cada e até cinco destaques devem dividir R$ 1,1 milhão; em Inovação Aberta, os 10 selecionados receberão R$ 50 mil cada e até cinco que se destacarem dividirão mais de R$ 2,6 milhões, que devem ser destinados à implementação de projetos-piloto e custeio das provas de conceito. Todos os recursos financeiros serão no formato de grants (doação). Os empreendedores podem se inscrever até 31 de julho de 2024 (Criação e Aceleração) e 26 de agosto de 2024 (Inovação Aberta).

Temas foco 

De acordo com o Secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, a escolha dos temas prioritários para o primeiro ano da iniciativa está alinhada ao objetivo de apoiar a promoção da educação financeira dos brasileiros e estimular a formação de poupança no país – propósitos que fazem parte da missão do Programa Tesouro Direto. “Temos anos de dedicação neste tema e, com o TD Impacta, lançamos mão de novas estratégias para avançar, mais rapidamente, em elementos que influenciam diretamente essa agenda. Logo, o foco na educação financeira será mantido e priorizado, mas também vamos fomentar soluções em temáticas complementares, que têm influência nessa meta – e que se conectam com nossos valores”, afirma.

Ceron explica que, para que a educação financeira aconteça de fato, é essencial reconhecer que o acesso a emprego e renda é o ponto de partida. “Ao garantir que as pessoas estejam capacitadas e tenham meios para geração de renda digna, estamos criando as condições necessárias para que possam efetivamente praticar a educação financeira. Com uma fonte de renda estável, as pessoas podem começar a poupar, investir e gerenciar seus recursos de forma consciente. Somado a isso, queremos contribuir com a construção de uma sociedade mais equitativa e inclusiva. Por isso, estamos comprometidos a também impulsionar inovações inclusivas em educação”, afirma. O secretário destaca que serão priorizadas a seleção de soluções inovadoras e pautadas em tecnologias; comenta, ainda, que irão buscar negócios que beneficiem, especialmente, jovens, mulheres, cidadãos em situação de vulnerabilidade socioeconômica e pessoas com deficiência. 

Com mais de 20 anos de parceria, o Programa Tesouro Direto e a B3 compartilham o compromisso de fomentar a educação financeira no Brasil. A B3 aponta que a iniciativa está alinhada ao propósito da empresa, que é conduzir o desenvolvimento econômico sustentável para a sociedade brasileira prosperar. De acordo com Felipe Paiva, diretor de Relacionamento com Clientes e Pessoas Físicas da B3, no centro da proposta do TD Impacta está o intuito de fomentar negócios de impacto que ajudem a ampliar o alcance do Programa Tesouro Direto e seus objetivos de educação financeira. “Esse é um pilar fundamental para a construção de uma sociedade mais consciente, capaz de poupar e investir”, comenta o executivo. Ele aponta que é necessário o impulsionamento de caminhos resolutivos e escaláveis que possam trazer respostas para alguns dos grandes desafios do brasileiro. 

Para isso, Paiva explica que as organizações se desafiaram a criar uma estratégia inovadora e com alto potencial de impacto positivo. “Mais do que um programa de aceleração, o TD Impacta é uma plataforma que une o apoio de especialistas ao acesso a capital para negócio de impacto em todas as fases, de todos os cantos do Brasil, associada à visão estratégica do Programa Tesouro Direto”, aponta, acrescentando que a ação nasceu para oferecer uma proposta diferenciada ao ecossistema de empreendedorismo de impacto brasileiro e para a sociedade. O modelo de governança da iniciativa é, também, um destaque com a participação de uma organização especialista em negócios de impacto, aceleração e inovação aberta: a Artemisia.

Segundo Priscila Martins, diretora de Relacionamento Institucional da Artemisia – primeira a apoiar negócios de impacto no Brasil –, a organização atua de maneira pioneira no ecossistema e tem conquistado avanços significativos. E, como parte da inovação que promove e do conhecimento que detém sobre o campo e as reais necessidades para que os negócios de impacto avancem, a instituição – que já apoiou mais de 770 negócios de impacto – está sempre em busca de ativos que ajudarão essas empresas a sobreviverem, crescerem e se tornarem casos robustos.

“Nosso diagnóstico, atuando há 18 anos no campo, é que a mobilização de recursos para apoiar o fomento e o crescimento dos negócios de impacto no Brasil é uma grande necessidade. No entanto, não é qualquer tipo de capital que fará a diferença; precisamos mobilizar mais capital paciente e tolerante ao risco. Com essa visão, criamos estratégias com parceiros que compartilham a mesma intenção e motivação de gerar impacto positivo por meio de negócios. Nossa intenção é aumentar a probabilidade de sucesso dos negócios de impacto e a criação de mais casos concretos. A estratégia de ampliar o acesso a capital adequado também contribui para que negócios alcancem o Product Market Fit (indicador de adequação do produto ao mercado) e, posteriormente, as fases de escala e crescimento, aumentando assim a probabilidade de sucesso dos negócios. Acreditamos fortemente que este gargalo do capital pode se tornar uma alavanca estratégica para resolver alguns dos nossos principais desafios sociais e ambientais, desde que combinado com conhecimento preciso e especializado. Essa é a proposta de valor que identificamos como crítica para o crescimento desta indústria de novos negócios de impacto no país, refletida na estratégia do TD Impacta. Estamos muito felizes por termos encontrado parceiros alinhados à nossa missão e por levar esta proposta de valor para os empreendedores”, afirma a executiva.

A iniciativa é promovida com recursos oriundos do programa de incentivo do Tesouro Direto.

Para conhecer mais sobre finanças pessoais e investimentos, confira os conteúdos gratuitos na Plataforma de Cursos da B3.