Ações

As ações mais escolhidas para compor os fundos de investimento no Brasil

Levantamento mostra as 20 ações mais selecionadas pelos gestores de fundos

Prédio Vale e Petrobras. Foto: Fernando Frazão e Marcello Casal Jr da Agência Brasil
Levantamento da Quantum mostrou Vale e Petrobras na preferência das escolhas. Foto: Fernando Frazão e Marcello Casal Jr da Agência Brasil

Por João Paulo dos Santos

Quando um gestor cria um fundo de investimento, ele está de olho nos ativos que podem render mais e que estão de acordo com a característica da aplicação. Com os fundos compostos apenas por ações não é diferente — toda uma análise criteriosa entre risco e retorno é feita e as ações selecionadas mostram ao mercado que possuem credibilidade.

Um levantamento da Quantum mostrou os papéis mais escolhidos pelos fundos de investimentos que podem conter ações. Os dados são divulgados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que conforme regulamento obriga os fundos a divulgarem suas carteiras após três meses. Os fundos de investimentos  podem permanecer 60 ou 90 dias com suas estratégias fechadas, dependendo das suas classificações.

Confira o ranking das 20 ações mais escolhidas pelo fundos de investimentos:

TopEmpresaTickerQuantidade de Fundos
1ValeVALE31547
2PetrobrasPETR41509
3BTG PactualBPAC111347
4EletrobrasELET31322
5Itaú UnibancoITUB41211
6Lojas RennerLREN31201
7Banco do BrasilBBAS31105
8SuzanoSUZB31085
9HapvidaHAPV31063
10Equatorial EnergiaEQTL31034
11LocalizaRENT3995
12Vibra EnergiaVBBR3959
13GerdauGGBR4896
14BradescoBBDC4889
153R PetroleumRRRP3843
16NaturaNTCO3819
17PetroRioPRIO3815
18CosanCSAN3806
19B3B3SA3804
20EnevaENEV3793
Fonte: Quantum Finance

O destaque das empresas mais escolhidas vai para as ações de Vale, Petrobras e BTG Pactual, que formam o top 3 das mais escolhidas. Os papéis das companhias estão na composição de 1547, 1509 e 1347 fundos, respectivamente.

Para o analista da Suno Research, João Daronco, as empresas das primeiras posições representam as vantagens competitivas que possuem, no caso de Vale e Petrobras. Ele também destaca a elevada qualidade da gestão do BTG Pactual como diferencial.

“Sobre vantagem competitiva da Vale e da Petrobras diria que o custo de produção é a principal, tendo em vista que são empresas com menor custo/caixa do seu setor”, diz.

Os critérios para se escolher as ações de um fundo são vários, desde qualitativos até os critérios quantitativos. “Leva-se em consideração a análise de modelo de negócios, ESG, análise financeira, setor, valuation e etc”, explica Daronco.

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias