Empresas

Americanas (AMER3): Fitch rebaixa rating da empresa de “BB” para “CC”

Rebaixamento acontece depois da companhia comunicar ter encontrado inconsistências contábeis de R$ 20 bilhões

Lojas Americanas
Lojas Americanas

Por Redação B3 Bora Investir

As agências de classificação de riscos Fitch e S&P Global rebaixaram as notas de classificação de risco da varejista Americanas (AMER3) de “BB” para “CC”, na escala global, e de AA+ para CC, na escala nacional. O rebaixamento acontece devido às incertezas geradas pela identificação das inconsistências contábeis, de acordo com o fato relevante divulgado pela companhia.

A Fitch alterou o rating de IDR (Issuer Default Rating) de Longo Prazo em Moeda Estrangeira e o IDR de Longo Prazo em Moeda Local para ‘CC’ e o Rating Nacional de Longo Prazo para ‘CC(bra)’. Já a S&P Global Ratings alterou sua classificação de crédito em escala global para ‘BB’ e em escala nacional brasileira para ‘brA’. Além disso, incluiu a companhia em listagem CreditWatch com implicações negativas.

O rebaixamento se reflete nos ratings dos bonds e debêntures da companhia e sinalizam uma preocupação maior das agências de análise de risco sobre a capacidade da companhia de arcar com as suas dívidas de longo prazo, tanto em reais quanto em dólar.

A desconfiança do mercado acontece depois da companhia comunicar ao mercado, na noite de quarta, sobre ter encontrado inconsistências em lançamentos contábeis de R$ 20 bilhões – fato que levou à renúncia do seu presidente, Sérgio Rial, e do diretor de relações com investidores, André Covre, depois de 10 dias no cargo.

A companhia perdeu ontem R$ 8,3 bilhões em valor de mercado após um tombo de 77,33% nas ações. O papel, que só saiu de leilão pela primeira vez perto de 14h20, fechou cotado a R$ 2,72 ante R$ 12 no fechamento de ontem. Em evento ontem com investidores e analistas estrangeiros e locais, Rial disse que a empresa precisa de uma capitalização que certamente não ficaria na casa dos milhões.

Hoje, as ações da companhia abriram na Bolsa do Brasil (B3) a R$ 2,75 e às 16h25 voltaram a ser negociadas a R$ 3,50 depois de 24 leilões e um fato relevante divulgado às 15h50.

Motivos para o rebaixamento

Os principais pontos ressaltados para o rebaixamento, de acordo com documento divulgado pela Fitch nesta tarde, foram a estrutura de capital insustentável e a flexibilidade financeira limitada da companhia, dado que ela passa por uma deterioração de sua credibilidade.

Ainda segundo a Fitch, a Americanas possivelmente entrará em um acordo de standstill com seus credores, quando a empresa recebe a permissão para deixar de realizar, por um período predeterminado, seus pagamentos de juros e amortizações a seus credores, em troca de uma compensação.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias