Notícias

Ibovespa fecha em forte queda com receios sobre a equipe econômica

Bolsa do Brasil (B3) fechou em baixa de 2,02% aos 105.343 pontos. Com isso, o índice devolve quase todos os ganhos do ano e passa a subir 0,50%

Balcão da b3 em frente a uma tela com gráficos
O Ibovespa encerrou o pregão em baixa de 2,02% aos 105.343 pontos

Por Redação B3 Bora Investir

Os rumores no mercado de que o ex-ministro e coordenador da campanha presidencial de Lula, Aloizio Mercadante possa assumir a presidência da Petrobras ou do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) puxou a Bolsa do Brasil (B3) para o negativo nesta segunda-feira, 12/12. O relatório da consultoria Eurásia de que o presidente eleito deve derrubar a legislação das empresas estatais por meio de medida provisória – para evitar problemas com suas nomeações – também levou o mercado ladeira a baixo.

No mercado internacional, o dia já apontava para o negativo diante da queda nas cotações do petróleo e do minério – em meio a temores de alta nos casos de Covid-19 na China. A semana também será marcada pela decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed) e de outros grandes bancos centrais – como o Europeu e o Banco da Inglaterra.

O Ibovespa encerrou o pregão em baixa de 2,02% aos 105.343 pontos. Com isso, o índice devolve quase todos os ganhos do ano e passa a subir 0,50%. Na mínima do dia atingiu 103.871 pontos. As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) fecharam em queda de 3,40%; enquanto as ordinárias da Vale (VALE3) perderam 3,04%.

No câmbio, o dólar comercial fechou em forte alta de 1,28%, cotado a R$ 5,31. O índice DXY, que mede o peso do dólar ante seis moedas de mercados desenvolvidos, encerrou com valorização de 0,29%.

Juros futuros

As taxas de juros futuros também encerram com valorização neste início de semana. Os ruídos sobre a formação da equipe econômica do novo governo voltaram a pressionar os ativos.

A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025 fechou em alta 13,41%, ante 13,08%. Já o DI para janeiro de 2027 tinha alta para 13,11% ante os 12,86% da leitura anterior.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.