Mercado

Focus: projeção de alta do PIB de 2023 cresce para 1,26%; 2024 fica em 1,30%

A mediana para os juros básicos no fim de 2023 seguiu em 12,50% ao ano pela sexta semana consecutiva

Vendedores e frequentadores na Feira da Ceilândia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A alta veio após três deflações seguidas em julho, agosto e setembro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

O Boletim Focus divulgado nesta segunda, 29/5, mostrou nova melhora no cenário de crescimento econômico para este ano. A mediana para a alta do Produto Interno Bruto (PIB) em 2023 subiu de 1,20% para 1,26%, contra 1,00% há um mês. Considerando apenas as 30 respostas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa para o PIB no fim de 2023 saltou de 1,24% para 1,57%.

Já para 2024, o Relatório Focus mostrou manutenção da estimativa de crescimento do PIB de 1,30%, contra 1,41% de um mês atrás. Considerando apenas as 25 respostas nos últimos cinco dias úteis, a estimativa para o PIB de 2024 subiu de 1,24% para 1,30%.

Em relação a 2025, a mediana se manteve em 1,70% ante 1,80% quatro semanas antes. O Boletim ainda trouxe a estimativa para 2026, que continuou em 1,80%, repetindo o porcentual esperado há um mês.

Na semana passada, o Ministério da Fazenda aumentou sua projeção oficial para o PIB deste ano, de 1,61% para 1,91%. No Banco Central, a estimativa atual é de 1,2%, conforme o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de março.

Projeções para Selic e IPCA

A expectativa para a taxa básica de juros no fim de deste ano continuou estável no Boletim Focus. No início do mês, o Copom decidiu manter a Selic em 13,75% ao ano pela sexta reunião seguida.

A mediana para os juros básicos no fim de 2023 seguiu em 12,50% ao ano pela sexta semana consecutiva. Para o término de 2024, a expectativa também continuou em 10,00% pela 15ª vez. Há quatro semanas, as estimativas eram de 12,50% e 10,00%, nessa ordem.

+ Quanto rende R$ 1 mil na poupança, Tesouro Selic e CDBs com a Selic em 13,75%?

Após a surpresa positiva com o IPCA-15 de maio (0,51%), os economistas do mercado financeiro baixaram a projeção para a alta do índice de inflação oficial (IPCA) do mês fechado no Boletim Focus. A mediana para maio passou de 0,43% para 0,39%, de 0,44% há um mês.

Para o IPCA de junho, a estimativa cedeu de 0,34% para 0,31%, contra a mediana de 0,53% um mês antes. Para julho, a previsão para o indicador variou de 0,36% para 0,35%, de 0,38% há quatro semanas. Já a expectativa para a inflação suavizada para os próximos 12 meses cedeu de 4,77% para 4,69%, de 5,23% há um mês.

*Informações da Agência Estado

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.