Mercado

Mercado hoje: PPI nos EUA e balanço da Petrobras estão na agenda do dia

Fôlego limitado das bolsas internacionais pode se refletir no apetite do Ibovespa nesta quinta-feira

Bolsa. Foto: Pixabay
. Foto: Pixabay

Por Redação B3 Bora Investir

A quinta-feira traz como destaques o índice de preços ao produtor (PPI) dos Estados Unidos (PPI). Após o fechamento dos mercados, a Petrobras divulga o balanço trimestral.

Os diretores do Banco Central Fernanda Guardado (Assuntos Internacionais) e Diogo Guillen (Política Econômica e Política Monetária) participam das reuniões trimestrais com economistas.

No exterior

O fôlego das bolsas internacionais é limitado antes do PPI dos EUA, um dia após o índice de preços ao consumidor (CPI) americano mostrar arrefecimento.

O CME Group mostrava há pouco 92,1% de chance de manutenção dos juros dos EUA na reunião de junho e 58,6% em julho, mas 50,6% de possibilidade de uma redução de 25 pontos-base em setembro.

+ Indústria brasileira cresce 1,1% em março após duas quedas seguidas]

A situação fiscal dos EUA também está no radar. A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, tem defendido que o Congresso americano eleve ou suspenda o teto da dívida para evitar uma crise.

Na China, a taxa anual da inflação ao consumidor (CPI) subiu 0,1% em abril. O resultado apresentou ritmo menor do que o esperado por analistas consultados pelo FactSet, que previam alta de 0,3%.

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) decidiu elevar, às 8h, sua taxa básica de juros em 25 pontos-base, a 4,50%, após concluir reunião de política monetária nesta quinta-feira, como era amplamente esperado por analistas.

O BoE também reafirmou que novo aperto da política monetária será necessário se houver evidências de “mais pressões inflacionárias persistentes”.

Em ata da decisão, o BoE previu que a inflação no Reino Unido estará em 1,1% no segundo trimestre de 2025 e 1,2% um ano depois, no segundo trimestre de 2026. Atualmente, a taxa anual de inflação ao consumidor britânico está em 10,1%, muito acima da meta oficial do BOE de 2%.

No Brasil

O fôlego limitado das bolsas internacionais pode se refletir no apetite do Ibovespa nesta quinta-feira, enquanto o dólar mais forte ante várias moedas emergentes pode ser fator de pressão para o real.

O mercado digere a aprovação no Senado da Medida Provisória, agora a ser convertida em lei, que institui um novo marco legal de preços de transferência no Brasil.

+ Ata do Copom: cenário de alta dos juros é menos provável, mas não descartado

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, comemorou a aprovação e estimou um impacto fiscal positivo de até R$ 23 bilhões com a chancela do Congresso à medida.

No radar está a possibilidade de a Petrobrás reduzir o preço da gasolina na semana que vem.

*Com informações da Agência Estado

Como funciona o mercado de ações? Veja nesta curso oferecido pela B3

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias