Mercado

Mercados financeiros hoje: foco em dirigentes dos BCs antes de dados de inflação

Dia é de agenda sem indicadores relevantes. Amanhã, serão divulgados índices de inflação no Brasil e nos EUA

Rolo de cédulas de Real cruzada sobre notas de Dólar
Real é a 7ª moeda mais valorizada em 2023; veja o ranking. Foto: Adobe Stock

Por Redação B3 Bora Investir

A quarta-feira, véspera de divulgação de dados de inflação no Brasil e Estados Unidos (IPCA e CPI), traz como destaques discursos do diretor de Política Econômica do Banco Central, Diogo Guillen, e do presidente da distrital de Nova York do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), John Williams.

Banco Mundial eleva expectativa para PIB do Brasil, mas alerta para crescimento global fraco

A dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Isabel Schnabel, participa de sessão de perguntas e respostas nas redes sociais, e o presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, apresenta Relatório de Estabilidade Financeira de dezembro no Parlamento britânico.

Bolsas estrangeiras operam em alta em dia de agenda esvaziada

A maioria das bolsas internacionais opera com viés de alta nesta manhã, mas com fôlego limitado num dia de agenda sem indicadores relevantes, colocando o foco sobre dirigentes dos bancos centrais dos Estados Unidos e Europa. O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, disse nesta quarta-feira que as perspectivas econômicas da zona do euro “estão inclinadas para baixo” e que o comportamento do crescimento está “mais decepcionante”. Segundo ele, é possível que o bloco tenha entrado em recessão técnica no segundo semestre de 2023. Guindos disse ainda que o atual nível das taxas de juros “deverá dar substancial contribuição para a volta oportuna da inflação à meta” oficial de 2%, “se mantido por um período suficientemente logo”. Em dezembro, o BCE deixou suas principais taxas de juros inalteradas. O petróleo opera em baixa, enquanto o dólar se mostra fraco ante maioria das divisas.

Teve prejuízos por causa da falta de luz? Saiba quais são seus direitos

No Brasil, mercado espera dados de inflação, que serão divulgados amanhã

O dia pode ser de leves ganhos para o Ibovespa, mas o movimento pode ser limitado pela queda moderada do petróleo e de 3,02% do minério de ferro em Dalian, na China. O EWZ, principal fundo de índice (Exchange Traded Fund, ETF) brasileiro negociado em Nova York, subia 0,38% no pré-mercado em NY por volta das 7h20. O dólar mais fraco lá fora pode beneficiar o real e o recuo dos retornos dos Treasuries, favorecer alívio na curva de juros futuros enquanto investidores aguardam pelo IPCA de dezembro e de 2023, que sai amanhã.

A mediana do mercado indica aceleração do IPCA de 0,49% em dezembro, ante 0,28% em novembro, e no fechamento do ano, alta de 4,55%, ante 5,79% em 2022. Todas as projeções indicam que a inflação ficará abaixo do teto da meta, de 4,75%, pela primeira vez desde 2020, segundo o Projeções Broadcast.

*Agência Estado

Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre investimentos? Faça os cursos gratuitos no Hub de Educação Financeira da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.