Notícias

“Oscar dos investimentos”: confira os melhores e os piores títulos, segundo analistas de mercado

Conheça algumas categorias e os vencedores dessa premiação fictícia

Foto da estatueta do Oscar. Imagem gratuita do famoso prêmio da indústria cinematográfica. Este Oscar foi atribuído ao filme tcheco “Closely Watched Trains” (Ostře sledované vlaky em tcheco) de Jiří Menzel
Conheça algumas categorias e os vencedores dessa premiação fictícia. Foto: Martin Vorel/Wikimedia Commons

Por Redação B3 Bora Investir

O Oscar 2023 vem aí! A 95ª edição da premiação de cinema mais importante dos Estados Unidos ocorre no domingo (12), com blockbusters como “Avatar: O Caminho da Água” e “Top Gun: Maverick” na corrida pela estatueta de Melhor Filme. Mas, e se rolasse também um Oscar no mundo das finanças, quais seriam os melhores investimentos?

A seguir, conheça algumas categorias dessa premiação fictícia e veja algumas sinalizações para você escolher alguns investimentos que estão em alta em 2023.

Cenário da premiação

O ano de 2023 promete ser bastante desafiador para quem investe, seja no ambiente externo ou no doméstico. Em meio a um cenário de incertezas no Brasil e no exterior, os ativos  de mais risco, como a renda variável , perdem um pouco a atratividade. Isso porque, em um ambiente de juros mais altos, como o atual, os preços tendem a ser mais baixos.

Nesse contexto, os ativos de renda fixa continuam a ser boas opções para quem quer investir em 2023. Mas, claro, é preciso sempre ter em mente a máxima da diversificação da carteira de investimentos.

Melhores investimentos: categoria renda fixa

And the Oscar goes to… O Tesouro Selic foi o grande vencedor na categoria renda fixa de melhores investimentos. Isso porque o título, que está diretamente atrelado à taxa básica de juros brasileira, rendeu 12,39% no ano. Foi a aplicação de melhor retorno em 2022.

E o que explica isso? O BC (Banco Central) brasileiro começou a aumentar os juros para combater a inflação em março de 2021. A taxa de referência Selic estava em 2% ao ano, o nível mais baixo da história, e subiu acentuadamente até atingir 13,75% ao ano em agosto último.

Desde então, o Copom (Comitê de Política Monetária do BC) interrompeu a estratégia de elevar a taxa para aguardar seu total efeito na economia, que demora um pouco para aparecer.

Por fim, vale lembrar que, além de estar com boa remuneração, o Tesouro Selic têm liquidez diária, ou seja, pode ser sacado a qualquer momento sem grandes prejuízos. Caso o cenário mude e apareçam oportunidades na renda fixa e na renda variável, é fácil de mover o dinheiro.

Categoria melhor investimento para diversificar sua carteira

Os fundos imobiliários venceram na categoria de melhor investimento para diversificar a carteira. Mas atenção! Os analistas não recomendam esse tipo de fundo caso você não conte com uma reserva de emergência em aplicações mais conservadoras.

São vários os motivos para a vitória desse produto na categoria, como explica o influenciador de finanças Gabriel Navarro aqui. O primeiro motivo são os dividendos , que costumam ser acima da média do mercado, podendo até superar o valor de um aluguel residencial.

Os pagamentos mensais, que garantem um retorno previsível para quem tem o interesse de montar uma carteira previdenciária de investimentos, também é outro fator que ajudou os FIIs a vencerem na categoria. Os fundos imobiliários são obrigados a distribuir pelo menos 95% dos lucros aos cotistas e a maioria opta por entregar esses rendimentos mensalmente.

O terceiro motivo é a baixa volatilidade : quando comparamos os FIIs com o Ibovespa, eles possuem uma volatilidade de 1/3 das ações. Os FIIs, entretanto, são produtos de renda variável, ou seja, sofrem com o sobe e desce do mercado. É importante saber se o seu perfil de investidor é o adequado para contar com esse tipo de produto.

A vitória dos FIIs na categoria também foi garantida por conta da liquidez : com os fundos imobiliários, você pode vender as suas cotas a qualquer momento e o risco de gestão do imóvel é do fundo. Por fim, vale citar ainda a isenção de Imposto de Renda sobre os rendimentos desse tipo de fundo.

Categoria renda variável

A estatueta na categoria de melhores investimentos na renda variável ficou com a Bolsa de Valores. Mas muita calma – e estudo – nessa hora! É preciso estar muito bem informado e assessorado para saber encontrar as melhores ações – e só opte por esse tipo de investimento se ele for adequado ao seu perfil.

Em 2022, o desempenho da renda variável foi fraco, se comparado com a renda fixa. O Ibovespa, principal índice acionário brasileiro, subiu 4,68%.

Essa média, entretanto, esconde os extremos: enquanto a ação da Cielo ganhou 148,7% em 2022a do IRB recuou 77,35%. Em termos setoriais, a pior performance foi das empresas de consumo, que dependem da economia doméstica.

É importante ter em mente que o grande valor das ações está no longo prazo. Isso quer dizer que, independente dos riscos no curto ou médio prazo, é importante, ao analisar ações e setores para investir em 2023, se atentar ao ativo escolhido.

Empresas de varejo, por exemplo, são opções de investimento mais arriscadas em épocas de juros altos. Isso porque o momento afeta diretamente o poder de compra do consumidor e a operação das companhias. Vale lembrar que o setor foi abalado com a crise envolvendo a Americanas (AMER3).

Além disso, muitos analistas destacam que o valuation  atual da Bolsa brasileira, a B3 , está muito descontado. Por conseguinte, o investidor de longo prazo teria uma grande oportunidade. Lembrando que, nesse caso, é importante ter sangue frio e saber se o seu perfil de investidor é o adequado a esse tipo de investimento.

Framboesa de ouro: para ficar longe

A Framboesa de Ouro é uma premiação, em tom de deboche, que celebra os piores atores, filmes e diretores do ano que passou. Trazendo para o mundo dos investimentos, o grande “vencedor” seria a tradicional poupança.

Embora ainda bastante popular entre os brasileiros, a caderneta de poupança oferece baixo retorno quando comparada com outras aplicações financeiras mais conservadoras, mesmo diante do cenário de alta dos juros.

A poupança remunera 70% da taxa Selic  em um cenário onde a taxa de juros fica inferior a 8,5% ao ano. Por outro lado, em casos de Selic superior a 8,5% ao ano, como atualmente, a rentabilidade da poupança é de 0,5% ao mês mais Taxa Referencial.

Em 2022, na categoria de renda fixa, o pior desempenho foi da poupança, com rendimento de 7,9%.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias