Objetivos financeiros

Como chegar ao final de 2023 e começar 2024 no azul?

Para quem tem dívidas, é preciso traçar estratégias de orçamento e cortar gastos

Boneco de homem sob a mesa
Black Friday, Copa do Mundo e Natal tiveram datas próximas e muitas pessoas acumularam dívidas. Foto: Adobe Stock

Por Redação B3 Bora Investir

Fim de ano é um período em que muita gente perde o controle das finanças. Depois da Black Friday, Natal, comemorações de fim de ano, ceia e preparativos para a festa de ano novo, pouca gente pode dizer que não fez nenhuma compra por impulso.

Mas se você perdeu o controle das suas despesas, saiba que ainda há tempo para colocar as contas em ordem e começar 2024 no azul. Para ajudar no planejamento financeiro de quem está nessa situação, o Bora Investir preparou algumas recomendações. Confira a seguir!

Como não se endividar no final do ano?

Se faltou dinheiro no final do ano, a recomendação de Jayme Carvalho Jr., economista e sócio da SuperRico, é se concentrar nos gastos que não podem esperar: “pensando nas contas que chegarão no começo do ano, uma boa ideia pode ser parcelar os tributos públicos, como o IPTU e IPVA. Se há dívidas, então é preciso quitar as mais caras primeiro.”

Outra recomendação é se atentar aos juros das cobranças. “Tributos públicos têm juros menores que cartões de crédito, por exemplo. Então, se faltou dinheiro e uma conta terá que esperar, deve ser aquela com menor cobrança de juros“, afirma Jayme.

Segundo o economista, se as despesas superam as receitas, há um problema de orçamento. “É preciso resolver essa questão o mais rápido possível. Isso é feito ao priorizar os gastos essenciais, o que significa se concentrar no lado das despesas do orçamento. Outra opção é olhar para as receitas e pensar em meios de aumentá-las.”

+ Orçamento mensal: o que é? Veja como fazer!

Se todas as recomendações acima foram seguidas e uma estratégia foi traçada para o pagamento das dívidas, então é preciso também que se adote algumas medidas de controle: “para quem está com o orçamento apertado, é essencial cortar gastos supérfluos e não realizar novas compras”, afirma Jayme.

Como usar o 13º salário?

Se você ainda não queimou o 13º salário com compras de Natal e presentes para familiares e amigos, já saiu na frente. De acordo com Vanessa Thomé, líder regional da XP Investimentos no Centro-Oeste, a prioridade do salário extra deve ser quitar as contas.

“O 13º salário deve ser enxergado como um meio para desafogar o caixa, que só deveria ser utilizado para lazer, presentes de fim de ano ou investimento por aqueles que não possuem dívidas e que já têm uma outra reserva para as contas de janeiro”, orienta Vanessa.

Se você já fez as compras, o ideal é separar o que sobrou para quitar as dívidas. Também vale guardar esse dinheiro para pagar os impostos do começo do ano, como IPTU e IPVA. E comece já a se organizar para não chegar ao fim de 2024 da mesma forma.

Sua meta para este ano é colocar as contas no azul? Confira este curso gratuito que te mostra passo a passo como organizar suas finanças. Ano novo, contas em dia!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias