Organizar as contas

Quer viajar com as crianças em 2024? Veja como economizar mesmo na alta temporada

Quem tem filhos e deixa para viajar nos meses das férias escolares precisa se programar com antecedência para não pagar mais caro

A Disney é um dos destinos mais procurados por brasileiros que vão viajar nas férias com crianças
Matt Stroshane

Por Daniela Frabasile

Quem abre as redes sociais no período de férias já sabe que vai encontrar o feed repleto de pessoas aproveitando os mais variados destinos do Brasil e do mundo. Se você está agora em casa – e morrendo de inveja – porque não se planejou e não guardou dinheiro para viajar nesse período, a solução é começar a se preparar para 2024.

Mesmo quem tem filhos e usa a temporada das férias escolares para viajar consegue preços um pouco menos salgados se iniciar os planos com antecedência.

Tudo sobre seguro-viagem: saiba como funciona e se vale a pena contratar

Mas atenção: nos meses de alta temporada, os preços tendem a ser mais elevados e exigem ainda mais planejamento. “A melhor forma de gastar menos é iniciar o planejamento do roteiro e reservas entre 10 a 4 meses antes do embarque. Depois disso, os valores já estarão razoavelmente mais altos e as disponibilidades de serviços mais escassas”, diz Roberta Redivo, sócia-fundadora da Insight.

Quais os destinos mais buscados pelas famílias com filhos?

A viagem para a Disneyland, em Orlando, segue como um dos destinos mais procurados por quem vai viajar com crianças, diz Roberta Redivo. Por lá, existem atrativos tanto nas férias de julho, verão no hemisfério Norte, quanto em dezembro, “para as comemorações natalinas, especialmente para a Mickey’s Very Merry Christmas Party”, diz ela.

Além disso, nas férias de julho os destinos variam entre resorts brasileiros no Nordeste, Amazônia e Serras Gaúchas. Nos destinos internacionais, Roberta Redivo também cita que alguns dos mais procurados são Paris, Londres, Roma, Bariloche, Deserto do Atacama, Valle Nevado e Cancún. “Depende se a família deseja se divertir e relaxar no frio ou no calor”, diz ela.

Já em dezembro, um destino nacional que desponta é Gramado, no Rio Grande do Sul, para a celebração do Natal. “Nesta mesma temática, um destino internacional exclusivo que está sendo muito procurado é a Vila do Papai Noel na Finlândia, região da Lapônia, onde ficam os Correios do Papai Noel que recebe anualmente mais de 500 mil cartas de 199 países”, conta Roberta.

Como se programar financeiramente para uma viagem?

“Calcular e planejar a quantia necessária para uma viagem depende de diversos fatores, como o destino, a duração da estadia, o estilo de viagem, entre outros”, diz Jorge Arbex, diretor do Grupo Travelex Confidence. Por isso, o melhor é pesquisar muito sobre o destino que você deseja – desde a o preço das passagens e hospedagens até transportes, atividades turísticas e refeições.

Como planejar uma viagem internacional gastando pouco?

Feita a estimativa de quanto sairá a viagem dos sonhos, analise se o orçamento está dentro da sua realidade financeira. Afinal, você não quer voltar da viagem com uma dívida que não pode pagar.

Considere também o tempo entre a decisão e a data esperada da viagem, e considere separar uma porcentagem do seu orçamento mensal para guardar até o embarque. Quanto mais tempo de planejamento, menor o aporte necessário a cada mês.

Com quanto tempo de antecedência devo me planejar?

Especialmente quando se vai viajar nos meses de alta temporada, como julho, dezembro ou até janeiro de 2025, a antecedência é importante. Roberta sugere que os planos de viagens sejam iniciados no mínimo 6 meses antes do embarque. “O planejamento antecipado poderá otimizar recursos financeiros e entregar uma experiência de viagem especial e inesquecível”, diz ela.

Quando comprar passagens aéreas?

Um dos maiores gastos nas viagens pode ser a passagem aérea. Buscar as melhores ofertas, então, é crucial para viajar gastando menos. “Dez meses antes do embarque é o momento ideal de economizar nas passagens aéreas, tanto em classes econômicas quanto executivas ou superiores”, diz a agente de viagens.

Vai para outro país? Quando começar a comprar moeda estrangeira?

Se você está planejando uma viagem internacional, um ponto de atenção é a compra de moeda estrangeira. “A recomendação é adquirir a moeda aos poucos, para garantir um bom preço médio no câmbio. Essa é uma estratégia importante para aqueles que possuem uma viagem marcada com antecedência ou estão planejando um intercâmbio, por exemplo”, sugere Arbex.

Ele indica separar um valor mensal em reais e fazer compras graduais, o que pode ajudar a evitar impactos significativos de oscilações diárias. Outra dica do especialista é diversificar os meios de pagamentos: “levar um pouco da moeda do destino em espécie pode ajudar a chegar preparado para os pequenos gastos e imprevistos, como táxis, metrôs, alimentação rápida. Uma alternativa é levar a outra parte do valor em um cartão pré-pago internacional”, diz.

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias