Organizar as contas

Vai curtir o Carnaval? Saiba os principais cuidados com suas finanças

Época de festas, Carnaval movimenta bilhões no Brasil, mas é preciso atenção para não comprometer suas contas

Carnaval São Paulo. Foto: Edson Lopes Jr./Prefeitura de São Paulo
Quem disse que carnaval é só zoeira? Foto: Edson Lopes Jr./Prefeitura de São Paulo

Por João Paulo dos Santos

O Carnaval é uma das datas que mais movimenta dinheiro no Brasil. Só em 2023, a folia gerou uma receita superior a R$ 8,18 bilhões, um aumento de 26,9% em relação a 2022. Mas os gastos pelo País afora não podem atrapalhar suas finanças.

Independente se você irá curtir o Carnaval na sua cidade ou se irá viajar, o planejamento financeiro para essas datas não pode ficar de lado. 

“O Carnaval abriga uma série de sentimentos e desejos trazendo uma necessidade extra de planejamento financeiro. Atualmente temos a oportunidade de diversão gratuita nos famosos bloquinhos. Assim como também os super cobiçados camarotes que podem gerar um alto custo no fluxo financeiro”, afirma Marlon Glaciano, planejador financeiro e especialista em finanças.

Como fazer o planejamento de gastos no Carnaval

Segundo Larissa Frias, planejadora financeira do C6 Bank, o primeiro ponto que toda pessoa tem que considerar seja para o Carnaval ou qualquer viagem, é definir um orçamento prévio. 

“Assim, a partir desse orçamento prévio, se começa a definir outras coisas que vão influenciar no gasto total. A partir dele é que se elenca as prioridades dentro daquele valor”, aponta ela. 

Frias destaca que é preciso considerar os gastos totais que vão desde a passagem, hospedagem, comida, souvenirs, festas, e tudo que se pretende gastar.

Cronograma da folia

Outro ponto que também influencia no controle de gastos, segundo os especialistas, é fazer um cronograma da folia. A planejadora do C6 Bak destaca que uma pesquisa prévia do que você vai fazer, onde vai comer, onde vai ficar, e as festas onde vai faz com que você economize dinheiro.

“É importante ter uma estratégia clara e decidir quais tipos de eventos você deseja participar e qual será o custo médio de cada evento, quando não são gratuitos. Lembre que a vida continua depois da grande folia e que não será inteligente ter um endividamento criado logo no começo do ano”, destaca Glaciano.

Orçamento para cada dia de curtição

O especialista em finanças ainda alerta que é importante definir um orçamento para cada dia do Carnaval. “Gaste sempre o mesmo valor todos os dias para conseguir se proteger dos desejos imediatos”.

Ele afirma que será importante priorizar os gastos decidindo o que é mais importante dentro de muitas opções que chegarão ao decorrer dos dias. 

“Por fim, tenha atenção especial à utilização do cartão de crédito. Lembre-se que ele é apenas um meio de pagamento e que a fatura em breve chegará”, alerta.

Cuidado com golpes no Carnaval de rua

Outro cuidado importante para quem vai curtir o Carnaval de rua é em relação aos golpes e furtos que acontecem no período. Assim, a atenção com seus bens como cartões e celulares é imprescindível.

“É muito comum ter um mar de gente nos blocos, festas e nas ruas e por isso, utilize uma estratégia simples ao sair de casa. Leve apenas o necessário e opte por utilizar pequenas bolsas que possam ficar escondidas dentro de suas roupas”, aponta Glaciano.

Segundo levantamento do Mercado Pago, patrocinador do Carnaval de Rua de 2024 em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, 60% dos foliões costumam levar seu celular para as festividades.

Desses, 1 a cada 3 usa o aparelho como meio de pagamento, sendo o cartão de crédito por aproximação e o Pix os líderes de uso, seguidos pelo cartão de débito por aproximação.

“O Carnaval de rua é a festa popular mais conhecida do mundo e o celular é o item que está sempre com os foliões para aproveitar a festa, desde que saem de casa até o pagamento do que consomem nos blocos”, traz Felipe Castano, diretor de marketing do Mercado Pago no Brasil.

Por isso, Marlon Graciano dá a dica de que, se possível, utilize apenas um cartão de crédito. “Desabilite a função de pagamento por aproximação tendo em vista que muitos golpes com máquinas fraudulentas são aplicados nessa época”.

Dinheiro em espécie ainda ajuda

“Outra opção é levar uma quantidade de dinheiro suficiente para pagar os produtos de consumo em espécie evitando acessar sua conta utilizando o telefone no meio da multidão. Caso utilize, preste muita atenção e valide os dados da operação antes de concluí-la. Nessa época todo cuidado é pouco”, completa ele.

Por fim, lembre-se que você já possui uma realidade e um fluxo financeiro atual que precisa ser respeitado. Se você não se planejou para o Carnaval deste ano, pise no freio, divirta-se com sabedoria e projete o próximo Carnaval com mais antecedência para maiores gastos.

Sua meta para 2024 é colocar as contas em dia? Confira este curso completo sobre como organizar suas finanças e não se afogar nos boletos!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.