ETFs

B3 passa a negociar ETF ligado ao índice de contratos futuros de Boi Gordo

Toque da campainha na bolsa marcou o início do ativo BB ETF IFBOI B3, gerido pelo BB Asset Management

Gado Nelore no pasto de fazenda. Foto: Adobe Stock
Caso da doença conhecida como EEB preocupa o mercado dado o peso do setor de pecuária no nosso mercado. Foto: Adobe Stock

Por João Paulo dos Santos

Nesta quarta-feira, 30, a B3 estreou a negociação do primeiro ETF (Exchange Traded Fund) ligado ao Índice Futuro de Boi Gordo B3 (IFBOI B3). O toque da campainha marcou o início do ativo BB ETF IFBOI B3, gerido pelo BB Asset Management, disponível sob o ticker BBOI11. A taxa de administração do ETF é de 0,45% e o valor inicial da cota é de R$ 10.

Gestora do ETF, o BB Asset é líder da indústria de fundos de investimento, com patrimônio líquido sob gestão de R$ 1,43 trilhão em recursos e 20,12% de participação de mercado, conforme ranking de Gestores de Fundos de Investimento da Anbima, de agosto de 2022. Sua excelência em gestão é atestada por duas renomadas agências de rating – Fitch Rating e Moody´s.  

“O lançamento deste ETF dá aos investidores, principalmente pessoas físicas, a oportunidade de trazer mais ativos ligados ao agronegócio a sua carteira de investimentos. O mercado brasileiro de carne, ou seja, de boi gordo, é um dos mais expressivos do mundo e tem uma participação importante no PIB nacional e na cadeia alimentar mundial. Ao acompanhar o desempenho dos contratos futuros desta commodity, o novo ETF traz uma grande oportunidade de diversificação com olhar setorial e macroeconômico,” avalia Louis Gourbin, superintendente de Commodities da B3.

+Cannabis, games, millennials…conheça os ETFs diferentões do mercado

Como funciona o índice IFBOI B3

O índice, lançado pela B3 no dia 3 de novembro, é o indicador de retorno de uma carteira teórica de contratos futuros de Boi Gordo. Esses contratos são utilizados pelo mercado com a finalidade de se proteger das oscilações de preço. 

O funcionamento do índice é baseado no primeiro vencimento do contrato futuro de Boi Gordo e adota um critério de rolagem entre os meses do contrato. Sendo assim, durante o período de cinco pregões consecutivos, entre o 9° e 5° dia útil antes do vencimento do contrato vigente, é criada uma cesta, onde o preço do índice será uma média ponderada entre a variação do preço do contrato vigente e o preço do contrato com vencimento imediatamente subsequente.

Para efeito de comparação, a B3 calculou o retorno do índice desde 2017 até 21 de novembro de 2022. O retorno anualizado, ou seja, a taxa de crescimento ao ano, se considerado todo o período do cálculo, foi de 23,11%.

A nova ponderação ocorre de forma gradual conforme tabela abaixo:

9º último dia útil antes do primeiro vencimento8º último dia útil antes do primeiro vencimento7º último dia útil antes do primeiro vencimento6º último dia útil antes do primeiro vencimento5º último dia útil antes do primeiro vencimento
Peso do primeiro vencimento80%60%40%20%
0%
Peso do segundo vencimento20%40%60%80%100%

O que são ETFs

Os ETFs são fundos de investimento negociados em Bolsa que replicam o desempenho de um índice de referência. Os índices equivalem a uma cesta de ativos, com recortes geográficos, setoriais, por tamanho de empresa e mercados. Ao comprar um ETF, o investidor aplica nesta cesta a partir de um único ativo.

O vídeo a seguir ajuda a esclarecer o tema ainda mais:

Quer conhecer mais sobre ETFs, seus tipos e opções? Acesse o etf.com.vc e fique por dentro!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias