Entrevistas

Jorge de Sá: como ele transformou um negócio aberto com R$ 900 em uma assessoria esportiva milionária

Em entrevista ao B3 Convida, o ator e empresário conta como cuida de suas finanças e gerencia sua empresa que liga jovens atletas à bolsas no exterior

Jorge de Sá. Foto: Divulgação B3
Jorge de Sá. Foto: Divulgação B3

Por João Paulo dos Santos

Em participação ao B3 Convida, Jorge de Sá, ator, apresentador e fundador do Departamento de Conexões Esportivas Internacionais (DCEI), afirmou que seu maior objetivo pessoal é levar informação para mostrar que não é impossível realizar sonhos.

O DCEI é uma assessoria acadêmica esportiva que busca facilitar o acesso de bolsas esportivas no exterior a jovens de baixa renda. É por meio dele que o filho de Sandra Sá e afilhado de Cazuza conecta a paixão pelo basquete e a experiência como jogador nas categorias de base com o mundo corporativo. 

Aos 12 anos Jorge foi para os Estados Unidos para estudar e jogar basquete, onde ficou por 2 anos e meio, a realização de um sonho. E foi lá que ele entendeu que poderia ajudar outras pessoas a conquistarem os seus.

Inspiração e início do DCEI

Já adulto e envolvido na carreira de ator, Jorge de Sá se reaproximou do esporte quando a NBA firmou parceria com o Grupo Globo. “Naquele momento estava fazendo uma novela, vi uma oportunidade e comecei a mandar e-mail para todos que conhecia lá dentro de esportes. Eu sabia que entendia aquele esporte, mas no primeiro momento não sabia o que queria fazer”.

Ele conta que se ofereceu para o diretor do SporTV, e fez a primeira participação como comentarista convidado. “Me destaquei e fui sendo convidado mais. Nesse momento eu pensei: comentar é muito legal, mas eu podia fazer algo a mais. Também percebi que para ter a experiência que eu tive não era obrigatoriamente necessário uma agência de intercâmbio. Gastar R$ 100 mil para realizar esse sonho”.

“O que me veio à cabeça é que eu estava de volta ao esporte, muito conectado aos EUA, mas ainda assim a ideia não se concretizou naquele momento. Com tudo isso, consequentemente, amigos, pais que tinham filhos pequenos vinham falar comigo para tentar levá-los para jogar fora. E comecei a fazer essa ponte e isso cresceu muito”, conta.

O trabalho do DCEI

Além da parte de consultoria com as instituições de fora, Jorge diz que o que mais lhe dá orgulho é a parte de capacitar os jovens, com cursos de inglês, treinamentos de evolução física e emocional. “Não necessariamente o jovem vai para fora, mas tem esse trabalho completo para a pessoa”.

Jorge ainda lembra que o projeto começou com R$ 900 reais e hoje chega a um valor de R$ 16 milhões em propostas de bolsas. “Não é lucro, é a quantia que as famílias economizaram, deixaram de gastar para o jovem poder ir para o exterior jogar”.

Jorge de Sá e a relação com o dinheiro

“Eu sou um cara que criou muitas dívidas com os empreendimentos que criei, mas graças a Deus hoje estou numa crescente com o DCEI. Então, estou no momento de acertar minhas contas e reinvestir no negócio para continuar evoluindo. Estou equilibrando [as contas] para crescer ainda mais e poder colocar meu dinheiro na bolsa, pensar em investimentos financeiros pessoais” ressalta.

“No passado eu não tinha esse pensamento, era imediatista, mas hoje consigo enxergar a importância de me organizar para o futuro para no longo prazo sair da situação de apenas correr atrás do dinheiro, [ter] uma segurança”, completa.

+ Independência financeira: 6 passos para alcançar a sua!

Dicas para quem tá começando um negócio

Para quem está começando um novo negócio com pouco dinheiro, Jorge de Sá diz que é importante priorizar o atendimento. Se não existe dinheiro para divulgar, o bom atendimento gera um bom reflexo do negócio e isso é transmitido para os outros.

Confira a entrevista completa com Jorge de Sá no B3 Convida:

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias