Notícias

Elon Musk “enterra” Twitter e mundo se pergunta: será o fim?

Postagem do bilionário de uma imagem que remete ao enterro do Twitter veio após a debandada de funcionários e o fechamento dos escritórios da empresa até segunda-feira

Homem ao lado de lápide com o a logo do twitter
Em tuite, Elon Musk publica imagem de "enterro" do Twitter Foto: Perfil Elon Musk

Em meio à crise que levou a saída de centenas de profissionais do Twitter, o bilionário e dono da rede social, Elon Musk, publicou na madrugada de hoje em seu perfil na plataforma, uma imagem que remete ao enterro da rede social.

A foto mostra a logomarca do Twitter sobreposta a uma lápide. O rosto de uma pessoa que posa para a foto, em meio a um suposto enterro, também está coberto com o logo da marca. A interpretação de tal imagem parece dizer que o Twitter está enterrando o próprio Twitter. Na foto aparecem outras pessoas ao lado da lápide.

O post de Musk foi publicado em meio a debandada de diversos profissionais da rede social. Na quinta-feira, 17/11, o bilionário enviou um e-mail aos funcionários da plataforma no qual exige que todos se comprometam a permanecer trabalhando por muitas horas “com alta intensidade” durante o processo de transformação da companhia. Musk, que comprou a rede social por US$ 44 bilhões no mês passado, deu um prazo até a noite de ontem para que os empregados preencham um formulário ou aceitem uma indenização de três meses.

+ Entenda as semanas conturbadas da gestão Musk à frente do Twitter

Diante desse cenário de êxodo de trabalhadores, o Twitter anunciou o fechamento de todos os seus escritórios até segunda-feira, 21/11. Segundo a agência ‘Bloomberg’, a medida foi tomada após um número maior de trabalhadores, do que era esperado, optar por deixar a companhia, colocando as operações da plataforma em risco.

Após todo esse imbróglio, criou-se mais uma confusão: a de quais pessoas ainda teriam acesso à empresa. Foi aí que o Twitter emitiu um memorando. “Por favor, continue cumprindo a política da empresa, evitando discutir informações confidenciais nas mídias sociais, com a imprensa ou em qualquer outro lugar”, acrescentou o texto.

Nas últimas horas antes do prazo, ainda segundo a Bloomberg, Musk tentou convencer as pessoas a ficar. Vários funcionários foram convocados para reuniões sobre o futuro da rede social. De acordo com a CNN Internacional, dois funcionários disseram que iriam rejeitar o ultimato, citando um ambiente de trabalho tóxico introduzido pelo bilionário.

Em uma outra publicação nesta sexta-feira, Elon Musk minimizou a saída de mais profissionais da empresa do que o esperado. “Os melhores estão ficando, então não estou muito preocupado”, escreveu.

+ 5 principais bilionários da tecnologia perdem juntos quase US$ 200 bi no ano

Depoimento de Musk à justiça

A semana foi movimentada para Elon Musk. Na terça-feira, 15/11, o bilionário prestou depoimento à Justiça dos Estados Unidos. Ele afirmou que o Twitter está tomando a maior parte do seu tempo e que não pretende liderar a rede social para sempre. “Ao longo do tempo, encontrar alguém para administrar a empresa”, informou o ‘The Wall Street Journal’.

O bilionário, que também é o controlador da Tesla e da SpaceX, disse ainda que a reorganização que promove na rede social termina na semana que vem. “No futuro, o Twitter será dominado por engenheiros, que serão a maioria dos funcionários restantes e terão maior influência na empresa”.

Quer começar a investir, mas não sabe como? Confira os conteúdos gratuitos do Hub de Educação Financeira da B3 sobre educação financeira.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias