Empresas

Ação da B3 integra carteiras de 14 índices em 2024 

A companhia está entre as 10 empresas com maior peso no Ibovespa, principal índice do mercado nacional, e faz parte de índices ESG

Fachada B3 bolsa de valores
A B3 é a Bolsa de Valores do Brasil - e uma das maiores do mundo!

Por Redação B3 Bora Investir

A B3 faz parte das novas carteiras de 14 índices da bolsa brasileira em 2024, incluindo oito indicadores ESG. As ações da empresa também se destacam como uma das dez com maior peso no Ibovespa, o principal do mercado brasileiro. As novas carteiras dos índices, que são rebalanceadas a cada quatro meses, foram anunciadas no dia 2 de janeiro e ficam em vigência até 3 de maio de 2024.

Nova carteira do Ibovespa B3 tem 88 papéis; Positivo e IRB Brasil saem

De quais os índices a B3 faz parte?

A ação da B3 está presente na primeira carteira de 2024 de 14 índices. Os critérios de inclusão variam de acordo com cada indicador. Os índices que contém ação da B3 são:

Ibovespa (IBOV)

Reúne os ativos com maior volume negociado no pregão da bolsa do Brasil. As ações presentes no índice representam cerca de 80% do número de negócios e do volume financeiro do nosso mercado de capitais. 

IBrx 100 (IBXX)

O objetivo do IBrX 100 é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos 100 ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações brasileiro.

Ibrx 50 (IBXL)

O objetivo do IBrX 50 é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos 50 ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações brasileiro. 

IGC B3 (IGCX)

O Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada tem como objetivo ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas listadas no Novo Mercado ou nos Níveis 1 ou 2 da B3.

ISE B3 (ISEE)

O objetivo do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas selecionadas pelo seu reconhecido comprometimento com a sustentabilidade empresarial. 

ITAG (ITAG)

O objetivo do Índice de Ações com Tag Along Diferenciado é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de emissão de empresas que ofereçam melhores condições aos acionistas minoritários, no caso de alienação do controle. 

MLCX (MLCX)

O Índice MidLarge Cap tem como objetivo ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de uma carteira composta pelas empresas de maior capitalização.

IFNC B3 (IFNC) 

Índice BM&FBOVESPA Financeiro tem como objetivo ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de maior negociabilidade e representatividade dos setores de intermediários financeiros, serviços financeiros diversos, previdência e seguros.

ICO2 (ICO2)

A adesão das companhias ao Índice Carbono Eficiente demonstra o comprometimento com a transparência de suas emissões de carbono.

IGCT B3 (IGCT)

O objetivo do Índice de Governança Corporativa Trade é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de emissão de empresas integrantes do IGC que atendam aos critérios adicionais descritos na metodologia.

IBrA B3 (IBRA) 

O Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA é o indicador do desempenho médio das cotações de todos os ativos negociados no mercado a vista (lote-padrão) da B3 que atendem a critérios mínimos de liquidez e presença em pregão.

IGC-NM B3 (IGNM)

Reúne os ativos de emissão de empresas listadas no Novo Mercado da B3, ou seja, das companhias que apresentam bons níveis de governança corporativa. 

IGPTW (GPTW)

É o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas admitidas a negociação na B3 e que foram certificadas pela GPTW como os melhores ambientes para trabalhar.

IDIVERSA B3 (IDVR)

O Índice de Diversidade B3 tem por objetivo tornar os indicadores de diversidade visíveis e tangíveis para o mercado e gerar comparabilidade no desempenho das empresas, induzindo-as a adotarem as melhores práticas de DE&I. 

Evolução do desempenho em sustentabilidade

A B3 integra oito índices ESG, incluindo o ISE B3, principal índice de sustentabilidade do país. Os demais são IGPTW, IDIVERSA, ICO2, IGC, ITAG, IGCTe IGC-NM.

“Estar presente nos principais índices ESG do país é um reconhecimento da adoção de práticas corporativas sólidas e do nosso compromisso com a sustentabilidade e a transparência. Para nós, da bolsa do Brasil, é um orgulho ver os reflexos da evolução da nossa jornada”, comenta César Sanches, superintendente de Sustentabilidade da B3.

Os índices ESG ajudam a medir o avanço da agenda entre as empresas listadas e possibilitam que os investidores avaliem e mensurem suas estratégias de investimento por meio do acompanhamento desses indicadores.

Um dos pilares da evolução da jornada ESG na B3 é a adoção de práticas para o aumento da diversidade e inclusão. Em 2023, a bolsa do Brasil realizou várias iniciativas com esse objetivo, como um programa para contratação de 10 pessoas dentro do espectro autista para as áreas de tecnologia, além de dar continuidade a outras ações afirmativas de contratação e desenvolvimento, como o programa de mentoria para mulheres na liderança, que direcionou 50% das vagas para funcionárias negras.

Quer começar o ano com as contas no azul? Confira esse curso gratuito do Hub de Educação da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias