Empresas

Light entra na Justiça com pedido de mediação para suspender pagamento de dívidas

A companhia de energia não especificou quais dívidas estão envolvidas na mediação. Empresa afirma que o pedido vai viabilizar a readequação das obrigações

Light. Foto: Light/Divulgação
Light. Foto: Light/Divulgação

Por Redação B3 Bora Investir

A Light (LIGT3) e suas controladoras entraram com uma ação na Justiça do Rio de Janeiro nesta terça-feira, 11/04, com um pedido liminar para a suspensão temporária da cobrança de algumas obrigações financeiras.

Em fato relevante divulgado ao mercado e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia afirmou que “o pedido é a medida mais apropriada neste momento para permitir e viabilizar a readequação das obrigações abrangidas na ação cautelar”. O processo está em segredo de justiça.

A empresa também pediu a instauração de um procedimento de mediação coletiva com os credores financeiros em caráter de urgência, para tentar avançar na “implementação de melhorias na sua estrutura de capital”, informou o comunicado.

Em 2022, a geradora e distribuidora de energia teve prejuízo líquido de R$ 5,6 bilhões no quarto trimestre. A empresa tem sofrido um grave desequilíbrio econômico, em meio à dificuldade para combater furtos de energia e à devolução de valores bilionários em PIS/Cofins e em créditos tributários aos consumidores.

A situação piorou com a chegada do vencimento de parte importante das dívidas da companhia. A Light tem mais de R$ 11 bilhões em dívidas, sendo cerca de R$ 7 bilhões em debêntures e R$ 3,1 bilhões em títulos emitidos no exterior, os chamados bonds.

Diante da situação, as agências de classificação de risco cortaram os ratings de crédito da companhia elétrica. A Moody’s rebaixou as notas de crédito de B3 para Caa3 – que indica uma potencial perda para credores de parte do que foi investido ou desdobramentos que resultem em calote.

“A liquidez é apertada diante das contínuas exigências de capex [investimento] para manter a qualidade da concessão e o serviço de sua dívida de R$ 1,198 bilhão em 2023 e R$ 2,651 bilhões em 2024 “, disse a Moody’s.

A Light é responsável pela distribuição de energia em 31 municípios do Rio de Janeiro. A empresa atende 11,6 milhões de consumidores e tem 117 anos de história.

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.