Notícias

Inflação medida pelo PCE nos EUA avança 0,3% em janeiro e reforça perspectiva de corte de juros em junho

A taxa anual desacelerou para 2,4%

Nova York, Estados Unidos
Nova York, Estados Unidos. Fonte: Pexels

O índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) dos EUA avançou 0,3% em janeiro ante dezembro, segundo dados publicados hoje pelo Departamento do Comércio do país. O PCE é a medida preferida de inflação do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), e tem sido acompanhado de perto por analistas e investidores para ajustar as apostas sobre quando começa o corte de juros por lá.

Logo após a divulgação dos dados, a probabilidade de que ciclo de afrouxamento monetário terá início em junho aumentou para 62,8%, de 59,1%, de acordo com o monitoramento do CME Group.

O núcleo do PCE, que exclui itens os voláteis da inflação, como alimentos e energia, subiu 0,4% no mesmo período. Ambas as variações vieram em linha com as previsões de analistas consultados pela FactSet.

Na comparação anual, o PCE subiu 2,4% em janeiro, perdendo força ante o acréscimo de 2,6% visto em dezembro, enquanto o núcleo avançou 2,8%, desacelerando ante o aumento de 2,9% do mês anterior. Também neste caso, os resultados de janeiro confirmaram as previsões da FactSet.

A renda pessoal nos Estados Unidos subiu 1% em janeiro ante dezembro, ainda de acordo com o Departamento do Comércio do país. Os gastos com consumo nos EUA, por sua vez, avançaram 0,2% no mesmo período, também superando o consenso da FactSet, de estabilidade.

Pedidos de auxílio-desemprego sobem

Outro dado relevante sobre a economia norte-americana divulgado hoje foi o número de pedidos de auxílio-desemprego, que teve alta de 13 mil na semana encerrada em 24 de fevereiro, a 215 mil. O resultado ficou acima da expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam 210 mil solicitações.

O total de pedidos da semana anterior sofreu leve revisão para cima, de 201 mil para 202 mil.

Já o número de pedidos continuados mostrou avanço de 45 mil na semana encerrada em 17 de fevereiro, a 1,905 milhão, vindo acima do consenso da FactSet, de 1,875 milhão. Esse indicador é divulgado com uma semana de atraso.

Ontem, foi divulgado que o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu ao ritmo anualizado de 3,2% no quarto trimestre de 2023.

Quer aprender mais sobre investimentos? Confira o curso gratuito do Hub de Educação da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias