Notícias

Mercado financeiro e Morning Call Safra: Davos, PIB da China e Lojas Americanas

Investidores ainda ficam atentos nas próximas horas a balanços corporativos dos EUA

Pedestres passam entre lojas e placas de preços no Saara, centro de compras popular no Rio de Janeiro
Vendas no varejo são importante termômetro da atividade econômica. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

A participação dos ministros Fernando Haddad (Fazenda) e Marina Silva (Meio Ambiente) em eventos paralelos e painel do Fórum Econômico Mundial de Davos fica no centro das atenções locais nesta terça-feira. A crise das Lojas Americanas segue no foco em dia também de divulgação do IGP-10. 

Lá fora, a agenda pós-feriado nos EUA inclui o índice de atividade industrial Empire State em janeiro, balanços dos bancos americanos Goldman Sachs e Morgan Stanley. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) divulga ainda o seu relatório mensal.

Mercado externo: PIB da China e Davos

Os índices futuros em Nova York exibem quedas na volta do feriado americano e as Bolsas europeias recuam, reflexo da reação dos investidores à desaceleração da inflação ao consumidor na Alemanha em dezembro. O cenário também decorre do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China em 2022 de 3%, bem abaixo da meta estipulada por Pequim de 5,5%. 

Com exceção da alta de 2,2% do PIB chinês vista em 2020, em meio ao impacto inicial da pandemia de covid-19, o resultado do ano passado foi o pior em quase meio século. 

+ Entenda como a retomada da economia chinesa pode ajudar investidores

O iene segue figurando entre as principais perdas ante a moeda americana nesta manhã, à medida que investidores aguardam a decisão de política monetária do Banco do Japão (BoJ), nesta quarta-feira. 

Os mercados ainda ficam atentos nas próximas horas a balanços corporativos dos EUA e ao segundo dia de debates no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Ibovespa e Lojas Americanas 

O ambiente externo mais negativo e a instabilidade do petróleo devem pesar nos mercados locais em manhã de perdas de ADRs de empresas e bancos brasileiros em Nova York, provavelmente sob impacto ainda da crise das Lojas Americanas. 

Ontem, em dia de liquidez reduzida pelo não funcionamento das bolsas americanas por conta de um feriado, o Ibovespa B3 fechou em queda de 1,52%, a 109.212 pontos. Os investidores repercutiram as novas projeções contidas no Boletim Focus, enquanto as ações foram pressionadas pelo movimento negativo do petróleo e do minério de ferro no exterior. 

O setor de varejo foi destaque, tanto do lado negativo, com o mercado atento aos desdobramentos da situação da Americanas, quanto do lado positivo – os papéis de Magazine Luiza (MGLU3) e Via (VIIA3) que avançaram 12,24% e 10,55%, respectivamente.

O Morning Call Safra de hoje detalha mais sobre a situação do Ibovespa, Lojas Americanas e cenário macroeconômico ontem:

*Com informações da Agência Estado

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.