Mercado

CVM recomenda regulação de influenciadores digitais; veja o que pode mudar

Estudo revela que as redes sociais e as plataformas de vídeo já são as fontes de informações financeiras e econômica majoritárias no Brasil

Brasão da Comissão de Valores Mobiliários: autarquia divulgou novo marco regulatório para assessores de investimento nesta terça-feira, 14
Brasão da CVM: autarquia busca tornar as relações do mercado finaceiros mais transparentes

Por Redação B3 Bora Investir

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou um estudo que revela que 75% das pessoas iniciaram seus investimentos com base em informações veiculadas em redes sociais e plataformas de vídeo de influenciadores digitais. Segundo a autarquia, o número revela a necessidade de uma regulação do setor.

O levantamento feito pela Assessoria de Análise Econômica e Gestão de Riscos (ASA) da CVM também demonstra que o número de influenciadores que falam de investimentos nas redes sociais mais que dobrou em 2022, passando de 255 no primeiro semestre para 515 no segundo.  

Quem é quem na estrutura do sistema financeiro nacional?

Com base nas regulações de outros países, como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Holanda e da União Europeia, a Comissão recomenda que influenciadores pagos por instituições do mercado financeiro devam explicitar seus contratos antes de falar sobre investimentos com suas audiências.

“A proposta é demonstrar que a transparência com o investidor deve se estender aos influenciadores e às plataformas de investimento contratadas por regulados da CVM”, explica José Antônio de Souza, analista na ASA/CVM.  

Assessor, consultor e planejador financeiro: entenda as diferenças

A CVM avalia que os influenciadores digitais têm papel importante na educação financeira – e os números demonstram isso. O objetivo, assim, é oferecer mais transparência para que o investidor tome sua decisão da forma mais segura e consciente possível.  

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias