Mercado

Ibovespa fecha em forte alta, acima dos 119 mil pontos, maior patamar desde outubro; dólar recua a R$ 4,80

Hapvida e aéras avançam e lideram ganhos; dólar caminha para nona queda seguida; Ibovespa tem ganhos sustentados

Foto: Pixabay
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil. Foto: Pixabay

Os ativos de risco voltaram a se valorizar na bolsa de valores nesta quarta-feira (14), com clima otimista entre os investidores. O Ibovespa voltou a fechar em alta firme, de 1,54%, a 118.544 pontos, o maior patamar desde 21 de outubro de 2022, quando o índice bateu 119.928 pontos.

O dólar hoje renovou a mínima no ano após a decisão sobre juros do Federal Reserve  (Fed), caindo 1,14%, a R$ 5,80, acumulando nove quedas consecutivas e renovando seu menor patamar desde junho de 2022.

Fed ajuda no clima positivo do Ibovespa

Às 15h (de Brasília), o banco central americano anunciou que vai manter a taxa de juros no patamar atual, entre 5% e 5,2% ao ano.

As apostas dominantes do mercado estavam na manutenção da taxa básica de juros, como aconteceu, de fato, o que pode animar os mercados. A decisão interrompe um longo ciclo de altas promovido pelo BC americano, desde março do ano passado.

Varejo cresce menos do que o esperado em abril; vendas de Páscoa surpreendem

Há espaço, no entanto, para novas duas altas de 0,25 ponto percentual até o fim de 2023. O motivo é a luta para domar uma inflação que está bem menor, hoje em 4% nos últimos 12 meses, mas ainda longe da meta, que é de 2% ao ano.

S&P coloca Brasil em ‘perspectiva positiva’

O ânimo do mercado foi renovado ao final do pregão, quando a S&P divulgou nova perspectiva de investimento para o Brasil, mudando sua percepção de ‘estável’ para ‘positiva’. A nota do país segue sendo BB-.

Segundo a S&P, apesar da perspectiva ainda baixa para o PIB, o arcabouço fiscal, que deve controlar o endividamento do país, e a inflação cadente são pontos positivos. A agência disse ainda que a reforma tributária deve levar tempo.

Ações do Ibovespa

As ações de setores diferentes lideravam os ganhos na bolsa. A Gol e a Azul avançaram 11,80% e 8,66%, respectivamente. A Yduqs subiu 9,86% e a Hapvida avançou (HAPV3) subia 7,05%.

A Hapvida sobe após o reajuste nos planos de saúde, que deve reduzir o impacto das sinistralidades sobre a saúde financeira da empresa. Outros pontos também impactam o papel, que tem avançado desde o fim de março.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.