Mercado

Ibovespa fecha em queda e dólar em alta à espera da entrega do texto final do novo Arcabouço Fiscal ao Congresso

Líder do governo na Câmara disse que texto será entregue amanhã ao Congresso

O Ibovespa, o principal índice da Bolsa de Valores do Brasil, a B3, e o real passam por ajustes nesta segunda-feira (17) após os ganhos da semana passada de 5,42% e 2,8%, respectivamente. Os investidores se comportaram com cautela à espera da entrega do texto do novo Arcabouço Fiscal ao Congresso.

Na sessão de hoje o Ibovespa fechou em baixa de 0,25% (pós ajuste), aos 106.016 pontos depois de abrir a sessão em alta. O dólar, por sua vez, avançou 0,43% ante o real, negociado a R$ 4,9362.

Entenda a relação entre arcabouço fiscal, orçamento do governo e salário mínimo

A nova regra fiscal, que domina as atenções de agentes econômicos na última semana, segue no radar hoje.

O deputado José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara, disse que o texto será entregue ao Congresso amanhã. Até então, a expectativa era de que a proposta fosse enviada ao Legislativo ainda hoje, conforme informação do ministro da Casa Civil, Rui Costa.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas), disse à BandNews que o texto deve ser aprovado “sem dificuldades”. “Em duas, três semanas no máximo nós devemos estar votando esse texto em plenário.”

Prévia do PIB recua em janeiro; projeção de inflação para 2023 chega a 6%

A proposta apresentada pelo governo foi recebida de maneira positiva pelos mercados e ajudou a causar melhora nos ativos brasileiros, embora ainda tenham restado dúvidas acerca do projeto.

Caso o texto enviado ao Congresso também tenha recepção positiva, ele pode ajudar os ativos locais a ganharem ainda mais força.

Entre os destaques do Ibovespa, a 3R Petroleum (RRRP3) despenca 11,5% após anunciar aumento de capital. As ações da Eletrobras (ELE3; ELET6) caem mais de 3%, mantendo tendência negativa do papel.

Entre as ações de peso, Vale cai 1,4%, Itaú (ITUB4) perde 0,7% e Petrobras (PETR4) sobe 1,48%.

Boletim Focus

Pela manhã, o Banco Central divulgou o Boletim Focus , que mostrou alta de 5,98% para 6,01% na mediana das estimativas para o IPCA de 2023 e avanço de 4,14% para 4,18% na mediana das projeções para o ano que vem.

Para 2025, permaneceu em 4,00%. A continuidade da desancoragem nas expectativas pode influenciar os juros, que causariam peso negativo na bolsa.

IBC-Br – a prévia do PIB

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,04% em janeiro, na comparação dessazonalizada com dezembro, conforme divulgado nesta segunda-feira pela autoridade monetária. Em dezembro, o indicador teve elevação de 1,41% (dado revisado de alta de 0,29%).

O resultado de janeiro veio acima da mediana das estimativas colhidas pelo Valor Data, de queda de 0,10%. 

Em relação ao mesmo período do ano passado, por sua vez, houve alta de 3,03%. Em 12 meses, o IBC-Br subiu 3,00% e no acumulado do ano a elevação foi de 3,03%.

Devido às constantes revisões, o indicador acumulado em 12 meses é mais estável do que a medição mensal.

China

O exterior também fica no foco. A China apresenta diversos indicadores relevantes após o fim do pregão no Brasil, em especial o PIB do primeiro trimestre.

Commodities

Dados do país asiático mostraram resiliência da economia local, embora os resultados não tenham impulsionado commodities metálicas ou petróleo, que têm mais efeito na bolsa brasileira.

O minério de ferro terminou em estabilidade em Dalian e o petróleo Brent – referência de preço para a Petrobras – opera em queda de 1,80%, a US$ 84,76 o barril com entrega para junho.

O contrato do ouro para entrega em junho fechou em queda de 0,43%, a US$ 2.007,00 por onça-troy, na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Nos Estados Unidos, as atenções seguem voltadas para a temporada de balanços, após os primeiros resultados de instituições financeiras superarem as expectativas do mercado na semana passada.

Quer se aprofundar no universo dos investimentos para começar a atuar? Conheça a plataforma da B3 Educação e confira uma série de cursos sobre diversos temas dos mercado de investimentos!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias