Mercado

Ibovespa fecha em queda e dólar sobe perto da máxima com discurso de Powell sobre juros

Ibovespa desceu e dólar subiu no final da sessão desta quinta (9), depois de discurso de Powell sobre o futuro dos juros nos EUA

Balcão da b3 em frente a uma tela com gráficos
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3. Ele registra o desempenho do mercado durante o pregão.

O Ibovespa hoje fechou em queda após passar a maior parte do dia no azul, enquanto o dólar terminou em alta, perto da máxima. Os investidores tiveram no radar os resultados trimestrais de empresas como Banco do Brasil, MRV, Braskem, entre outras.

Além disso, o movimento dos juros no exterior mexeu com os ânimos no mercado de ativos de risco. O cenário vinha sendo positivo até a fala de Jerome Powell, que disse que não hesitará em subir os juros, se necessário.

Assim, no fechamento desta quinta-feira (9), o Ibovespa desceu 0,12%, a 119.034,14 pontosNa quarta, o índice fechou em queda, sob pressão da Petrobras.

Dólar hoje

O dólar fechou em alta em relação ao real, com ganho de 0,67%, a R$ 4,9399. Na máxima, a moeda do EUA bateu R$ 4,94.

A moeda norte-americana também subiu no cenário internacional. O DXY subiu 0,30%, a 105,91 pontos.

Ações em alta

As ações da Braskem (BRKM5) fecharam entre as maiores altas da B3 . O que explica a disparada da petroquímica na bolsa de valores é a confirmação de uma nova oferta da Adnoc, estatal de petróleo de Abu Dhabi, para compra da fatia da Novonor (antiga Odebrecht), principal acionista da Braskem.

Veja as cinco ações que mais subiram na bolsa de valores hoje.

  • Profarma (PRFM3) +17,72%
  • Braskem (BRKM3) +17,18%
  • Braskem (BRKM5)+15,62%
  • Grupo Soma (SOMA3) +6,54%
  • Hidrovias (HBSA3) +6,12%

Ações em baixa

Entre as ações que mais perderam valor na bolsa de valores hoje, destaque para a Minerva, que vinha escalando na bolsa no início da semana, mas devolve os ganhos. Inicialmente, o frigorífico foi um dos beneficiados pelo anúncio da China, grande consumidor de proteína animal brasileira, de incentivo à economia.

Veja as cinco ações que mais caíram.

  • Blau (BLAU3) -14,05%
  • CBA (CBAV3) -13,51%
  • Minerva (BEEF3) -13,45%
  • Oi (OIBR3) -7,46%
  • Petroreconcavo (RECV3) -5,47%

Os rankings contemplam ações com volume acima de R$ 1 milhão, que compõem ou não o Ibovespa e outros índices. As cotações foram apuradas às 18h07, depois do fechamento, mas podem ter atualizações.

Bolsas mundiais

Na tarde desta quinta-feira, Jerome Powell reiterou que o Fed vai prolongar o aperto monetário até alcançar o objetivo de derrubar a inflação à meta de 2% e acrescentou que pode haver altas ainda.

“Não estamos confiantes de que tenhamos alcançado tal posição”, prosseguiu.

“Se for apropriado apertar ainda mais a política, não hesitaremos em fazê-lo”, reforçou.

Com isso, o Dow Jones fechou em queda de 0,65%, a 33.891,94 pontos. Já o S&P 500 desceu 0,81%, a 4.347,35 pontos. O Nasdaq caiu 0,94%, a 13.521,45 pontos.

As bolsas da Europa fecharam a quinta-feira em alta, enquanto investidores mantém o tom otimista visto na quarta-feira, na esteira de balanços corporativos, e de olho no discurso da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, que participa de evento após o fechamento das bolsas.

Em Londres, o FTSE 100 fechou com ganhos de 0,73%, aos 7.455,67 pontos. Em Frankfurt, o DAX subiu 0,81%, aos 15.352,54 pontos. Em Paris, o CAC 40 ganhou 1,13%, aos 7.113,66 pontos. Em Madri, o Ibex 35 teve ganhos de 1,33%, aos 9.407,50 pontos. Em Milão, o FTSE MIB subiu 0,80%, aos 28.660,66 pontos. Em Lisboa, o PSI 20 teve alta de 0,59%, aos 6.268,27 pontos. As cotações são preliminares.

Balanços influenciaram bolsa de valores hoje

Entre os balanços divulgados recentemente, destaque para o Banco do Brasil, que lucrou R$ 8,8 bi no 3° tri e anunciou R$ 2,25 bi em remuneração a acionistas . O banco fez provisão extra para perdas com grande empresa que pediu recuperação judicial  em janeiro.

A MRV, por outro lado, teve prejuízo no 3° tri e indicou maior cautela nos Estados Unidos em 2024.

O resultado foi influenciado pela Resia, braço da MRV nos Estados Unidos, que não teve nenhuma venda no período.

A Taesa também reportou seus resultados do terceiro trimestre de 2023. A companhia fechou o intervalo entre julho e setembro com lucro líquido IFRS consolidado de R$ 278,9 milhões, uma desaceleração de 7,8% frente o mesmo período de 2022.

Além disso, o conselho de administração da Taesa (TAEE3; TAEE4; TAEE11) aprovou, em reunião realizada na quarta-feira (8), a distribuição de dividendos e juros sobre capital próprio (JCP ) de R$ 204.556.064,84.

Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre investimentos? Faça os cursos gratuitos no Hub de Educação Financeira da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.