Mercado

Ibovespa fecha no terreno positivo após balanços e IPCA; dólar encerrou em queda

O IPCA ficou em 0,61% em abril, desacelerando 0,10 p.p. em relação aos 0,71% de março, mas acima da expectativa do mercado, de 0,55%

Painel da B3 mostra cotações das ações e gráfico da tendência do dia. Foto: Divulgação
Dados positivos de inflação ajudaram o índice a encerrar a semana com saldo positivo

Ibovespa fechou em alta de 0,19%, aos 108.464 pontos, enquanto o dólar encerrou o pregão desta sexta-feira (12) em queda de 0,25%, a R$ 4,9234, no pregão marcado pela repercussão do IPCA, divulgado pela manhã, além dos balanços divulgados noite de ontem, como da Petrobras.

Na semana, o Ibov avançou 3,11% enquanto o dólar recuou 0,40% no período.

O pedido de recuperação judicial  da Light também esteve no radar.

Nesta manhã, o IBGE divulgou a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que ficou em 0,61% em abril. O resultado ficou acima da expectativa do mercado financeiro (0,55% segundo o consenso Bloomberg), mas teve desaceleração de 0,10 ponto percentual em relação à taxa de março (0,71%).

No acumulado dos últimos 12 meses, o indicador acumula alta de 4,18%.

Todos os grupos de produtos e serviços pesquisados apresentaram alta, mas destaque para Saúde e cuidados pessoais, que teve alta de 1,49% e o maior impacto no índice (0,19 ponto percentual).

Dentro desse grupo, o item Produtos Farmacêuticos teve alta de 3,55% após a autorização do reajuste de 5,6% nos preços dos medicamentos.

Exterior

Nos Estados Unidos as bolsas operam em alta com investidores acompanhando as negociações entre Governo e Congresso sobre o aumento do limite de endividamento público.

Na Europa, EuroStoxx sobe 0,5%; enquanto, nos EUA, S&P 500 avança 0,4% e Nasdaq ganha 0,3%.

Na Ásia, Nikkei encerrou a sessão em alta de 0,9%; e Shanghai recuou 1,1%.

Commodities

O petróleo Brent – referência de preço para Petrobras – opera em queda de 1,07%, aos US$ 74,18 por barril. Esta commodity acumulou perdas de 1,50% na semana.

O ouro com contrato para entrega em junho fechou em queda de 0,03%, a US$ 2.019,80 por onça-troy.

Petrobras

Ontem a Petrobras reportou resultados que agradaram o mercado, especialmente nos resultados operacionais e o pagamento de dividendos, segundo o Itaú BBA.

Os analistas escrevem que o rendimento de 7,4% foi robusto em relação à estimativa de 6,7% para a política atual de dividendos no montante de R$ 24 bilhões, ou R$ 1,89 por ação preferencial e ordinária.

A companhia reportou um lucro líquido de R$ 38,16 bilhões no primeiro trimestre de 2023, valor 14,4% menor que o resultado do mesmo período de 2022, quando foi aferido lucro de R$ 44,56 bilhões, o maior da história para um primeiro trimestre.

O resultado foi o segundo maior da história em um primeiro trimestre. O número também veio acima das projeções coletadas pela IF, que projetavam que a estatal teria lucro líquido de R$ 32 bilhões no período.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado teve redução de 6,7% no trimestre, para R$ 72,5 bilhões, ante os R$ 77,71 bilhões do período de janeiro a março do ano anterior.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.