Mercado

Ibovespa sobe 0,45% depois de baixas consecutivas; dólar vai a R$ 4,80

Bolsa brasileira foi na contramão de S&P e Nasdaq e teve alta puxada por Vale e minério de ferro

Ibovespa
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

Depois de duas quedas seguidas, a bolsa brasileira recuperou-se nesta quinta-feira (20) e terminou o dia subindo 0,45%. Com a alta, o Ibovespa retomou por pouco o patamar dos 118 mil pontos, encerrando o pregão no patamar de 118.082.

Na máxima do dia, o Ibovespa chegou à marca de 118.290 pontos e, na mínima, despencou para 117.484. O dólar fechou o dia em alta de 0,36%, cotado a R$ 4,8029.

Aqui no Brasil, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, indicou que vai enviar ao Congresso projeto de lei para tributar os fundos de investimento exclusivos de super-ricos.

Segundo Lucas de Caumont, estrategista da Matriz Capital, o Ibovespa foi impulsionado por reações positivas das mineradoras cotadas no índice, principalmente Vale (VALE3) com leve alta de 0,22%. Isso se deve, principalmente, ao aumento do preço do minério de ferro, principal produto exportado pela empresa cuja ação é a que mais pesa no Ibovespa.

Políticas de investimento: o que são e o que representam

Melhores e piores da bolsa de valores nesta quinta-feira (20)

Ainda impulsionada pela recente aquisição do site Elo7, principal site de artesanato do mercado de e-commerce, a Enjooei configurou a maior alta da bolsa de valores nesta quinta. As ações ON da varejista subiram 16,67%.

Por outro lado, o primeiro lugar do pódio de piores desempenhos da Bovespa ficou com a Sequoia, empresa de logística. Os papéis bateram a mínima histórica hoje e chegaram a valer R$ 1,03, mas encerraram o pregão em R$ 1,05.

Por que o filme da Barbie fez as ações da Mattel dispararem?

A lista de melhores e piores contempla todas as ações da B3 com movimentação de mais de R$ 1 milhão no dia e foi atualizada às 17h30, podendo haver alterações.

Confira a lista de piores e melhores da bolsa de valores:

Melhores

  1. Enjooei ON (ENJU3): +16,67%
  2. Oi PN (OIBR4): +9,67%
  3. Sinqia ON (SQIA3): +6,35%
  4. EcoRodovias ON (ECOR3): +4,99%
  5. Natura ON (NTCO3): +4,96%

Piores

  1. Sequoia Logística ON (SEQL3): -10,26%
  2. Inepar (INEP3): -5,81%
  3. Cruzeiro do Sul Educação ON (CSED3): -4,45%
  4. Traders Club ON (TRAD3): -4,11%
  5. Locaweb (LWSA3): -3,70%

Bolsas dos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, as bolsas não chegaram a um consenso. O S&P e a Nasdaq caíram, enquanto o Dow Jones teve leve alta. A volatilidade do mercado acionário norte-americano foi pautada por dados de pedidos de auxílio-desemprego e a temporada de balanços das empresas

Os pedidos de auxílio-desemprego caíram 9 mil na semana encerrada no dia 15 de julho, a 228 mil. O resultado veio abaixo da expectativa do mercado, de 241 mil solicitações.

O S&P 500 caiu 0,68%, ao patamar de 4.534 pontos. Por sua vez, a Nasdaq teve forte descolamento e despencou 2,05%, estacionando nos 14.063 pontos. A salvação do investidor ficou com o Dow Jones, que fechou o dia com valorização de 0,47%, aos 35.225 pontos.

Bolsas na Europa

Os mercados acionários da Europa fecharam nesta quinta-feira, 20, em alta, após Anglo American e BHP elevarem perspectivas de produção e apoiarem o setor de mineradoras. O cenário se contrapôs a balanços corporativos mistos, em meio a expectativas para decisões de Banco Central Europeu (BCE) e Federal Reserve  (Fed) na semana que vem.

Em Londres, o FTSE 100, subiu 0,76% a 7.646,05 pontos, enquanto o índice DAX, em Frankfurt, fechou em alta de 0,59%, a 16.204,22 pontos. O CAC 40, em Paris, avançou 0,79%, a 7.384,91 pontos, e o FTSE MIB, em Milão, fechou em alta de 0,36%, a 28.815,75 pontos. Já em Madri, o índice Ibex 35 subiu 070%, a 9.518,30 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o PSI 20 subiu 0,85%, a 6.163,69 pontos. As cotações são preliminares.

Se você quiser aprender sobre como começar a investir, este curso gratuito sobre o tema pode te ajudar: Aprenda a investir em ações!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias