Mercado

Ibovespa sobe 1,29% e recupera 120 mil pontos; dólar cai para R$ 4,91

Ibovespa teve alta impulsionada por inflação abaixo do esperado e dólar cai para R$ 4,91; confira ações em alta na bolsa de valores hoje

Ibovespa
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

O Ibovespa, o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil, avançou 1,29% nesta sexta-feira e alcançou o maior patamar desde agosto desde ano, retomando os120 mil pontos. O índice está cotado a 120.568 pontos.

O dia da bolsa de valores foi marcado pela divulgação de dados de inflação no Brasil. Antes do início do pregão desta sexta, o IBGE divulgou o IPCA, que veio abaixo das previsões de mercado. O instituto mostrou que a inflação avançou 0,24% em outubro, abaixo do consenso de 0,29% do mercado, conforme o Projeções Broadcast.

IPCA abaixo da expectativa impulsionou bolsa de valores hoje

Analistas apontam que a alta expressiva da bolsa de valores nesta sexta foi impulsionada pela inflação abaixo do esperado em outubro.

Para Élcio Cardoso, o IPCA deixou o mercado “otimista” porque “foi visto como positivo para ativos de risco”. Os juros futuros, portanto, acompanharam o dado em queda, o que beneficiou empresas de varejo na bolsa de valores, comenta Cardoso.

IPCA, IGP-M, INPC, IPC: conheça os índices de inflação do Brasil

O IPCA de outubro, inclusive, ajudou o Ibovespa a defender os 120 mil pontos, avalia Alexsandro Nishimura, economista da Nomos Capital. Ele aponta que os setores de construção, entre outros voltados para atividade doméstica, também foi beneficiado.

Além de uma queda nos yields dos Treasuries americanos, o economista que a fala de Fernando Haddad, ministro da Fazenda, defendendo a meta fiscal de zerar o déficit em 2024, feita durante o Itaú BBA Macro Vision, colaborou para a alta da bolsa de valores hoje.

Dólar hoje

O dólar, por sua vez, registrou queda de 0,51% em relação ao real, cotado a R$ 4,9145.

No cenário internacional, a moeda norte-americana também perdeu força. O índice DXY, que mede o dólar contra outras moedas importantes como o iene e o euro, cedeu 0,11%. O DXY está cotado a 105,861 pontos.

Melhores ações da bolsa de valores hoje

A melhor ação da bolsa de valores nesta sexta-feira foi a ordinária de C&A Modas. Apesar de ter registrado um prejuízo líquido de R$ 44,2 milhões, a varejista surpreendeu analistas com crescimento de 9 pontos percentuais em vendas em mesmas lojas. O resultado “mostra uma forte aceleração no ritmo na base trimestral”, diz o banco Santander em relatório.

O papel ordinário de C&A subiu 18,11% na bolsa hoje, seguido pela ação ON de Infracommerce (IFCM3).

Confira a seguir as cinco ações com maior alta no pregão da bolsa de valores hoje (10/11). A lista compila ativos que movimentaram um volume financeiro igual ou superior a R$ 1 milhão, e foi atualizada às 18h34.

  1. C&A Modas ON (CEAB3): +18,11%
  2. Infracommerce ON (IFCM3): +14,08%
  3. Valid (VLID3): +9,76%
  4. Ser Educação (SEER3): +9,00%
  5. Helbor (HBOR3): +8,40%
  6. Anima Educação (ANIM3): +8,25%

Ações em baixa na bolsa de valores hoje

A Mobly ficou na última posição do ranking de ações na bolsa de valores hoje. A varejista de móveis e utensílios domésticos viu seu papel derreter após a divulgação dos resultados do terceiro trimestre. A companhia reportou um prejuízo de R$ 24,3 milhões no período.

As ações ON de Mobly (MBLY3) despencaram 33,51% nesta sexta. O papel da Zamp, controladora do Burger King no Brasil, também sofreu uma forte perda após a divulgação dos resultados.

Confira as cinco principais ações em baixa na bolsa de valores hoje:

  1. Mobly ON (MBLY3): -33,51%
  2. Zamp ON (ZAMP3): -9,15%
  3. ClearSale ON (CSLA3): -5,76%
  4. Locaweb: ON (LWSA3): -5,30%
  5. Randon Participações PN (RAPT4): -4,49%

Bolsas dos Estados Unidos

Os mercados acionários de Nova York fecharam com ganhos nesta sexta-feira. A alta foi generalizada entre os setores do S&P 500, com tecnologia entre os destaques. Energia também esteve entre os que subiram, puxados pela força do petróleo.

O índice Dow Jones fechou em alta de 1,15%, em 34.283,10 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 1,56%, a 4.415,24 pontos, amaior alta diária desde 26 de maio deste ano. Já o Nasdaq avançou 2,05%, a 13.798,11 pontos. Na comparação semanal, os ganhos foram de 0,65%, 1,31% e 2,37%, respectivamente.

Bolsas da Europa

As bolsas da Europa fecharam em baixa, na esteira de preocupações com taxas de juros altas por mais tempo, após os presidentes de Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, e Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, terem sinalizado que os juros básicos podem não ter chegado ao pico.

Em Londres, o FTSE 100 caiu 1,28%, aos 7.360,55 pontos. Em Frankfurt, o DAX caiu 0,77%, aos 15.234,39 pontos. Já Paris, o CAC 40 recuou 0,96%, aos 7.045,04 pontos, enquanto em Madri, o Ibex 35 teve perdas de 0,36%, aos 9.371,70 pontos. Em Milão, o FTSE MIB perdeu 0,49% hoje, aos 28.504,43 pontos. Por fim, em Lisboa, o PSI 20 teve queda de 0,27%, aos 6.251,24 pontos hoje.

Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.