Mercado

Mercado financeiro hoje e Morning Call Safra: Americanas e taxa de emprego no Brasil em meio ao receio externo

Hoje será publicada a taxa de desemprego apurada pela Pnad Contínua no trimestre até novembro

Gráfico do mercado financeiro
Além da taxa de desemprego, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, fala em evento na Universidade da Califórnia.

Por Redação B3 Bora Investir

A agenda econômica desta quinta-feira, 19/01, traz a ata da mais recente reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), dados dos EUA, além da divulgação de balanços trimestrais da Procter & Gamble e Netflix nos Estados Unidos. 

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, fala em evento na Universidade da Califórnia e será publicada a taxa de desemprego apurada pela Pnad Contínua no trimestre até novembro. A crise das Lojas Americanas deve continuar repercutindo no mercado, bem como as críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à independência do Banco Central, à inflação e aos juros altos no País.

Temores de recessão

Os mercados em Nova York sustentam o sentimento de aversão ao risco, que marcou a sessão de ontem por temores de recessão nos EUA e contaminam o humor na Europa nesta manhã, além de pressionar algumas bolsas na Ásia. Os ativos financeiros globais exibem perdas generalizadas nesta manhã, após dados de inflação e atividade fraca em dezembro nos EUA e Europa, notícias corporativas negativas e falas de dirigentes do Fed mantendo postura mais dura em relação à política monetária. 

Ontem à noite, a presidente da distrital do Federal Reserve (Fed) em Dallas, Lorie Logan, comentou que a redução no ritmo de aperto monetário não representa menor comprometimento dos dirigentes em combater a inflação. “Ainda podemos aumentar os juros gradualmente para níveis mais altos do que previsto”, apontou, durante discurso na Universidade de Dallas.

Banco Central e reforma tributária

Por aqui os investidores podem reforçar a postura defensiva diante do cenário externo negativo. Novas críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à independência do BC, à inflação e aos juros elevados podem ser respondidas mais tarde pelo presidente do Banco Central em evento na Califórnia. 

Em entrevista à GloboNews no fim do dia de ontem, o chefe do Executivo questionou de que serve um BC independente se a inflação e taxa de juros estão elevadas, referindo-se à gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro. Lula também reafirmou que vai isentar a cobrança do Imposto de Renda para quem ganha até R$ 5 mil, mas atrelou a medida à aprovação da reforma tributária, e defendeu a volta do chamado voto de qualidade nos julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), que contraria interesses de governadores. 

Os investidores devem olhar também a Pnad Contínua à espera de desaceleração na taxa de desemprego no País, embora os dados e eventos da agenda externa possam pesar mais nos negócios.

O caso Americanas seguirá no radar dos investidores. Ontem o BTG Pactual conseguiu uma liminar na Justiça para o bloqueio de R$ 1,2 bilhão em aplicações da Americanas no banco, como garantia de pagamento antecipado de dívidas. A decisão foi concedida pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) e vale apenas para o BTG, mas pode abrir um precedente para outros credores.

6 principais fatos para entender a crise da Americanas

Ibovespa fecha em alta

Ontem a Bolsa do Brasil (B3) operou no positivo durante todo o pregão e o Ibovespa encerrou em 0,71%, aos 112.228 pontos, desempenho influenciado pela valorização das commodities, em especial minério de ferro e petróleo, como traz o Morning Call Safra desta manhã:

*Com informações da Agência Estado

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias