Notícias

Vitória x derrota do Brasil na Copa: a reação das pessoas na bolsa em 2018

Levantamento da B3 mostra comportamento dos investidores na bolsa nos jogos do Brasil em 2018

Rosto de uma pessoa pintado de azul e amarelo do Brasil. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Não podemos atribuir a movimentação a um ou outro fato isolado, é sempre uma somatória de coisas que fazem a bolsa se movimentar. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Por João Paulo dos Santos

De acordo com o relatório do Bank of America sobre mitos e verdades em tempos de Copa do Mundo, o volume negociado em bolsa cai cerca de 17% no período da competição. Porém, qual foi a reação dos investidores que estiveram ativos nos dias que o Brasil jogou?

Dados levantados pela B3 sobre o período da Copa de 2018, que aconteceu na Rússia, mostraram o resultado do Ibovespa, além do saldo de Pessoas Físicas (PF) e de investidores não residentes (NR).

Curiosamente, nos dias em que o Brasil ganhou o jogo, o saldo de Pessoas Físicas (PF) terminou o dia positivo e o saldo de investidor não residente (NR) terminou negativo. No dia da derrota aconteceu o oposto.

É importante lembrar que os dados são demonstrados a título de curiosidade, e não demonstram correlação direta. “Não podemos atribuir a movimentação a um ou outro fato isolado, é sempre uma somatória de coisas que fazem a bolsa se movimentar”, afirma a B3.

Confira os resultados da bolsa brasileira nos dias de jogos do Brasil na Copa de 2018:

Empate

No dia 17/06/2018, o Brasil fez sua estreia na Copa do Mundo de 2018 contra a Suíça, que terminou em empate por 1×1. O jogo aconteceu em um domingo, dia que não há negociação em bolsa — porém, o desempenho do Ibovespa no dia seguinte (segunda-feira) foi de retração de 1,33%.

Vitórias

Segundo jogo do Brasil na Copa de 2018, o confronto contra a Costa Rica no dia 22/06/2018 terminou com vitória brasileira por 2×0. Na data, o Ibovespa subiu 0,81%, com saldo negativo de NR (-125MM) e PF positivo (+4MM).

Último jogo da fase de grupos de 2018, que se repetiu em 2022, o confronto contra a Sérvia em 27/06/2018, teve o mesmo resultado deste ano: 2×0. Naquele dia a bolsa teve queda de -1,11% no Ibovespa, com NR negativo (-550MM) e PF positivo (+102MM).

Em 02/07/2018 o Brasil enfrentou o México pelas oitavas de final da Copa de 2018, vencendo o jogo de 2×0. Na bolsa também houve bom resultado, com alta de 0,11% no Ibovespa. O saldo de movimentação de NR foi negativo (-227MM) e o de PF positivo (+56MM).

+8 mitos e verdades sobre a economia do Brasil em época de Copa do Mundo

Derrota

Infelizmente, a campanha do Brasil na Copa de 2018 terminou em 06/07/2018 contra a Bélgica, ao perder por 2×1. Contudo, na bolsa o resultado foi positivo, com alta de 0,61% no Ibovespa, e saldo positivo de NR em 296 milhões e PF de 24 milhões negativos.

Copa do Mundo de 2022

Neste ano, o Brasil estreou na Copa de 2022, no Catar, no dia 24 de novembro, com uma vitória sobre a Sérvia por 2×0. Na data, o Ibovespa fechou em forte alta, de 2,75%, com os investidores monitorando as indefinições em torno da PEC da Transição e as especulações sobre a formação da equipe econômica. 

O pregão teve baixa liquidez por conta da estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar e do feriado do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos.

Quer saber mais sobre educação financeira, investimentos e economia? Acesse o Hub de Educação da B3 e confira os cursos gratuitos.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias