Organizar as contas

Páscoa: 5 dicas para economizar nas compras de ovos de chocolate e lembranças

Pesquisas mostram como itens de Páscoa ficaram mais caros neste ano; variação no preço de um mesmo produto chegar até 320%

Páscoa. Foto: Pixabay
Segundo pesquisa realizada em sites de varejo pelo Procon-SP, houve um aumento de 37,77% no valor médio dos ovos de Páscoa em comparação com 2022. Foto: Pixabay

Por João Paulo dos Santos

Para além da importância religiosa do período, a Páscoa é uma época do ano associada à renovação, alegria e trocas de doces e chocolate. Porém, neste ano os preços para celebrar o feriado com os dois últimos itens estão um pouco mais salgados que o normal.

Segundo pesquisa realizada em sites de varejo pelo Procon-SP, neste ano houve um aumento de 37,77% no valor médio dos ovos de Páscoa em comparação com 2022. Para efeitos de referência, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-SP) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) registrou variação de 6,71% no período de março de 2022 a fevereiro de 2023.

Segundo a professora de Economia da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, Nadja Heiderich, o aumento nos preços é um movimento que vem acontecendo há alguns anos, principalmente, após a pandemia. 

“No caso dos chocolates, especificamente, o aumento de preços é reflexo da escassez do cacau no mundo. A indústria brasileira de moagem de cacau depende em grande parte da importação desta matéria-prima. Os principais exportadores de cacau estão na Costa do Marfim e Gana, e a incapacidade de manutenção da oferta por estes países têm pressionado os preços, principalmente, no mercado futuro”, afirma a especialista.

A pesquisa do Procon ainda traz que os preços de um mesmo ovo de Páscoa podem apresentar uma diferença de até 320,46%, dependendo de onde a venda acontece.

Por esses motivos, o Bora Investir procurou trazer algumas dicas de como economizar e encontrar a melhor maneira de celebrar a Páscoa, sem colocar em risco as contas da família

5 dicas de como economizar nas compras de Páscoa

Confira, a seguir, algumas dicas para evitar que as doçuras da celebração da Páscoa tornem-se despesas financeiras difíceis de serem engolidas durante o ano todo:

Pesquisar e comparar preços

Por conta dessa grande variação de preços, pesquisar e comparar os valores do mesmo produto em diferentes lojas, mesmo que físicas na sua região, é essencial. Também é importante lembrar de não deixar as compras para a última hora, quando as opções ficam mais caras e escassas.

“A comparação pode ser auxiliada por aplicativos comparadores de preços e folders de promoções das lojas. Comparar o valor do kg do chocolate pode ser uma boa opção para aqueles que não se importam com o formato dele. Em sua maioria, o preço do ovo de Páscoa é superior ao do chocolate de formato normal com o mesmo peso”, afirma o especialista em investimentos do Ailos, Lenon Bonk Sabino

Priorizar quem será presenteado

Para Rafael Haddad, planejador financeiro do C6 Bank, priorizar quem receberá os ovos de Páscoa pode fazer diferença no orçamento. Segundo ele, uma possibilidade é distribuir ovos apenas para as crianças. 

“Não que os adultos não gostariam de receber também, eles podem até gostar, mas entendem com mais facilidade que o ovo de Páscoa é um item caro, que pode pesar no bolso se for ser comprado para todos os parentes”, diz Haddad.

Mas, se você faz questão de presentear os adultos também, a dica é considerar uma lembrancinha envolvendo chocolate. “Seja uma cesta de ovos pequenos ou uma caixa de bombons, por exemplo, que certamente vai ser possível gastar menos do que com ovo tradicional”, ressalta.

Ovos de Páscoa caseiros

Outra opção é optar por ovos caseiros, seja para comprar ou fazê-los você mesmo ao comprar o chocolate em barras e prepará-lo em casa. “Dessa forma, o custo fica bem mais reduzido, além da oportunidade de reunir a família para aproveitar esse tempo juntos”, diz o especialista do Ailos. 

Faça uma lista de presentes

Para manter as contas organizadas, também é válido fazer uma lista de presentes e anotar quanto deseja gastar por pessoa. “Aqui o velho e bom papel e caneta te ajudam a manter o orçamento e a não se deixar levar pela compra por impulso para não comprometer a renda futura”, lembra Sabino. 

Formas de pagamento

Outro ponto importante nessa hora é a escolha da forma de pagamento. Optar por dinheiro ou pix pode render descontos. Agora, pagar com o cartão de crédito exige o cuidado de lembrar que a fatura vencerá depois da data festiva e, se esquecida, pode prejudicar o orçamento no mês seguinte. 

Concentrar todas as compras em uma mesma loja também pode ser uma boa estratégia para negociar alguns descontos pelo maior volume na compra. O principal é se organizar, não gastar mais do que tem e aproveitar o dia com os amigos e familiares. 

“Afinal, a melhor parte da Páscoa, que é estar próximo e compartilhar bons momentos com as pessoas que você ama, é de graça”, diz Haddad.

Para mais conteúdos sobre educação financeira, confira os cursos e vídeos gratuitos do Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.