Imposto de renda

IR 2024: não recebeu seu Informe de Rendimentos? Saiba o que fazer

A empresa ou instituição financeira pode pagar multa de R$ 41,43 por cada comprovante que não for enviado aos contribuintes

Desafios financeiros: IPVA, IPTU, material
Desafios financeiros: IPVA, IPTU, material

Por causa do ano bissexto, o mês de fevereiro teve um dia a mais nesta quinta-feira (29), o que deu às empresas e instituições financeiras mais tempo para enviarem os informes de rendimentos dentro do prazo estipulado pela Receita Federal, que costuma ser o último dia deste mês.

Mas e se, mesmo assim, você não receber o informe? Neste caso, a Receita traz algumas orientações que você confere a seguir.

Não recebi o informe, e agora?

Caso o contribuinte não receba os informes no prazo, é indicado que ele entre em contato com a área de recursos humanos da empresa e questione ou, e se for uma instituição financeira, busque pelo gerente.

Se mesmo assim o informe não chegar, é preciso acionar a Receita Federal para não ficar no prejuízo. Mas se, ainda assim, você não receber os dados certos antes do final de maio, a dica é enviar uma versão preliminar da declaração do imposto e, mais tarde, pode fazer uma declaração retificada.

A empresa em que trabalho pode ser multada por isso?

A empresa ou instituição financeira pode pagar multa de R$ 41,43 por cada comprovante que não for enviado aos contribuintes ou que tenha informações incorretas, de acordo com a Receita.

A falta dos comprovantes de rendimentos não impede e nem isenta o contribuinte de apresentar a declaração do Imposto de Renda, se estiver obrigado a declarar. A Receita Federal informa que os valores recebidos durante o ano-calendário de 2023 podem ser obtidos nos contracheques mensais, recibos de recebimento ou até mesmo pelos depósitos efetuados em conta bancária.

O importante é você não deixar de declarar.

Comprovantes na internet

Os aposentados e os pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem pegar os comprovantes na internet. O documento está disponível na página Meu INSS ou no aplicativo de mesmo nome disponível para os sistemas Android e iOS. O segurado deve digitar a mesma senha para consultar os demais extratos. Caso não tenha senha, basta seguir os passos informados pelo site para criar uma ou recuperar a sua.

Planos de saúde individuais e fundos de pensão também são obrigados a fornecer os comprovantes, cujos dados serão usados para o contribuinte deduzir os valores cobrados no Imposto de Renda. Os bancos e corretoras devem informar os valores de todas as contas correntes e de todos os investimentos.

Se o contribuinte tenha conta em mais de uma instituição, deve obter os comprovantes de todas elas. A maneira de encontrar todos os investimentos consolidados é por meio da a Área do Investidor, criada pela B3 para facilitar o controle financeiro e permitir a consulta de todos os investimentos em uma única plataforma.

+ O que é a Área do Investidor da B3 e como ela ajuda investidores?

Novo prazo

Desde o ano passado, o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda mudou. O documento poderá ser enviado de 15 de março a 31 de maio. Tradicionalmente, o prazo de entrega começava no primeiro dia útil de março e ia até o último dia útil de abril. De acordo com a Receita, a mudança foi necessária para que todos os contribuintes tenham acesso à declaração pré-preenchida do Imposto de Renda no primeiro dia de entrega.

Segundo a Receita Federal, como a maioria das informações oferecidas na declaração pré-preenchida só chega à Receita Federal no fim de fevereiro, o Fisco precisa de um prazo para consolidar os dados. Por causa disso, o formulário pré-preenchido, que proporciona mais comodidade e diminui a chance de erros pelo contribuinte, só é fornecido na metade de março.

*Com informações da Agência Brasil

Quer saber mais sobre como declarar os investimentos no imposto de renda? Acesse o curso online e gratuito do Hub Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias