Mercado

Mercado hoje: dados de emprego nos EUA entram no radar

Dados de atividade e do mercado de trabalho dos Estados Unidos serão analisados pelos investidores nesta manhã em meio a expectativas pelo início do Simpósio de Política Econômica de Jackson Hole, organizado pelo Federal Reserve de Kansas City

Fachada da B3 com pessoas andando em frente. Foto: Divulgação B3
Bolsa de valores: Copom irá divulgar sua decisão no início da noite. Foto: Divulgação B3

Por Redação B3 Bora Investir

Dados de atividade e do mercado de trabalho dos Estados Unidos serão analisados pelos investidores nesta manhã em meio a expectativas pelo início do Simpósio de Política Econômica de Jackson Hole, organizado pelo Federal Reserve de Kansas City, que tem discursos amanhã dos presidentes do Federal Reserve, Jerome Powell, e do Banco Central Europeu, Christine Lagarde.

Na África do Sul, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa das últimas reuniões dos líderes do Brics, que já anunciaram a inclusão da Etiópia na expansão do grupo, além de Arábia Saudita, Argentina, Egito, Emirados Árabes Unidos, Etiópia e Irã. No fim do dia, o presidente Lula viaja a Luanda, capital de Angola.

Os mercados locais devem acompanhar ainda o leilão de títulos prefixados do Tesouro, uma entrevista do presidente do BC, Roberto Campos Neto, ao site Poder360 e uma palestra do diretor de Regulação do BC, Otavio Ribeiro Dâmaso.

No exterior

O mercado chinês se recuperou após perdas recentes, diante de dados fracos dos últimos dias e com investidores à espera de mais apoio de Pequim para estimular a economia.

Ontem, os PMIs americano e europeus vieram fracos e reforçaram a percepção de que o aperto de juros pelos Bancos Centrais (Bcs) pode estar perto do fim, estimulando o apetite por ativos de risco.

No Brasil

O ambiente externo favorável pode ajudar a sustentar o Ibovespa, após a valorização de 1,70%, aos 118.134,59 pontos ontem.

Os investidores vão repercutir também a aprovação pela Câmara dos Deputados ontem à noite, por 439 votos favoráveis e 1 contrário, da medida provisória que reajustou o salário mínimo para R$ 1.320 neste ano, estabelece uma nova política de valorização anual, corrige a tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), mas sem incluir a taxação de offshores. O texto vai, agora, à apreciação do Senado.

+ Câmara aprova regra fiscal: entenda como vai funcionar o novo regime das contas públicas

Após acordo entre Executivo e Congresso, o governo Lula vai editar uma nova MP com tributação de fundos exclusivos, os chamados fundos dos “super-ricos”, para servir de fonte de compensação pela perda de receitas com o aumento da faixa de isenção da tabela do IR. O acordo costurado também prevê que o conteúdo da tributação dos fundos offshore seja transferido para um projeto de lei, que deve ser enviado juntamente com a medida provisória.

No Senado, o projeto de lei do Carf deve ser votado no plenário somente na semana que vem, e deve ser incluído na pauta de terça-feira, 29.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou ontem que há clima para aprovar o projeto de lei que taxa investimentos de pessoas físicas por meio de empresas controladas no exterior (chamadas de offshore) se o governo cumprir o acordo de retirar o trecho que classifica a variação cambial como rendimento a ser tributado. Lira também reforçou que o governo deve manter o compromisso envolvendo cobrança na alíquota do imposto, a depender do prazo de aplicação.

No Brics, o comunicado final da cúpula, que se encerra hoje, afirma que os membros do grupo apoiam uma reforma “abrangente” da Organização das Nações Unidas, e também em seu Conselho de Segurança. O texto cita especificamente o apoio às aspirações de alguns países, como o Brasil, de se tornarem “membros” do Conselho de Segurança, instância máxima de decisão da ONU.

*Com informações da Agência Estado

Aprenda a diversificar investimentos. Confira neste curso gratuito oferecido pelo Hub de Educação Financeira da B3

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias