Mercado

Mercado hoje: pós-Copom, alta de juros na Europa deve guiar mercados

Nesta quinta-feira, o Banco da Inglaterra elevou o juro básico em 50 pontos-base, a 5%, e surpreendeu parte dos analistas

Números sendo mostrados em uma tela
Os pontos da bolsa ajudam o investidor a tomar decisões, servindo como referência para as carteiras. Foto: Adobe Stock

Por Redação B3 Bora Investir

Investidores repercutem nesta quinta-feira, 22/06 a decisão do Banco Central da Inglaterra (BoE) em aumentar sua taxa de juros em 50 pontos-base, para 5%, divulgada nesta manhã.

O mercado irá monitorar o testemunho no Senado dos Estados Unidos do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, um dia depois de participar de audiência da Câmara dos Representantes. Outros dirigentes do Fed e também do Banco Central Europeu falam em eventos.

No Brasil, serão divulgados os dados de arrecadação de abril e maio do governo federal. Por aqui, investidores repercutem a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que manteve a taxa Selic em 13,75% ao ano ontem à noite. A decisão era esperada, mas a autoridade monetária não sinalizou probabilidade de corte em agosto.

Ficam no radar um encontro do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), com governadores para debater a reforma tributária. Haverá também uma coletiva de imprensa do presidentes do BNDES, Aloizio Mercadante, e o da Petrobras, Jean Paul Prates, para divulgar acordo de cooperação técnica que institui a Comissão Mista BNDES-Petrobras. O presidente Lula cumpre agenda hoje na França.

No exterior

Ontem, o testemunho de Powell no Congresso americano apontou que quase todos os dirigentes votantes do Fed são a favor de mais altas das taxas de juros até o final do ano, uma vez que a inflação dos EUA segue muito acima da meta oficial, de 2% ao ano. Os comentários levaram as bolsas de Nova York a sofrerem nova rodada de perdas na quarta-feira.

Na semana passada, o Fed deixou seus juros inalterados, na faixa de 5,00% a 5,25% ao ano, após 10 aumentos consecutivos, e também sinalizou possíveis novas elevações ainda este ano.

Além do BoE, os Bancos Centrais da Suíça e Noruega também subiram os juros nesta manhã. A expectativa dos analistas é de que o BoE iria subir os juros entre 25 e 50 pontos-base após a inflação ao consumidor no país vir acima do esperado em maio.

No Brasil

O Ibovespa deve passar por ajustes, repercutindo a decisão do Copom. O presidente Lula elevar o tom das críticas ao Banco Central, depois de o Copom pregar cautela e não dar sinais sobre seus próximos passos na política monetária, em um comunicado enxuto ontem. O anúncio frustrou quem esperava uma sinalização mais explícita de suavização de juros.

Antes de decolar da Itália para a França, o presidente brasileiro afirmou que o nível da Selic é “irracional” e a direção do Banco Central (BC) joga contra os interesses do País. “É irracional o que está acontecendo no Brasil, uma taxa de 13,75% e inflação de 5%”, afirmou Lula, sem citar Roberto Campos Neto, presidente do BC.

Ontem, a expectativa por sinal mais dovish do BC levou o Ibovespa a superar, no fechamento os 120 mil pontos, maior nível desde o dia 4 de abril de 2022, enquanto o dólar caiu mais, aos R$ 4,7678, com relatos de ingressos de recursos estrangeiros.

A aprovação do arcabouço fiscal no plenário do Senado foi bem recebida, mas houve mudanças no texto, que retornará à Câmara. A ministra do Planejamento, Simone Tebet, disse que a aprovação com as mudanças promovidas pelo Senado vai abrir espaço fiscal no Orçamento para a nova versão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que ficaria comprometido sem a alteração.

*Com informações da Agência Estado


Conheça as principais características do mercado financeiro neste curso gratuito oferecido pela B3

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias