Objetivos financeiros

Como investir nas empresas que estarão em campo na Copa?

Entre companhias brasileiras e estrangeiras, ações e BDRs, investidor tem várias opções

Khalifa International Stadium
Até agora, a Fifa arrecadou mais de U$ 90 milhões com patrocínios. Foto: A. EMSON/ADOBE STOCK

Não só os jogadores de trinta e duas seleções entrarão em campo durante a Copa do Mundo 2022, no Catar. Várias empresas fecharam contratos de patrocínio, como os sete parceiros globais da Fifa – que acompanham a entidade máxima do futebol em outros eventos além da Copa. Entre eles, estão Adidas, Coca-Cola e Qatar Airways.

Outras sete empresas acordaram patrocínio para a presente edição da Copa, como Budweiser e McDonalds. Ambas marcas também estiverem presentes na edição de 2018.

Outra categoria de patrocinadores são os parceiros regionais, companhias de continentes que estarão representados no torneio. Entre eles, está o banco digital brasileiro Nubank e a indiana UPL, focada em agricultura sustentável. Até agora, a Fifa arrecadou mais de U$ 90 milhões com patrocínios.

Fechando as categorias de empresas, estão os patrocinadores das seleções. A Nike, por exemplo, patrocina 41% das delegações que estarão no Catar. Já a Adidas estampa o uniforme de 21% dos times.

Itaú

O Itaú Unibanco é um dos patrocinadores master da seleção brasileira, estando junto à CBF desde 2008. Na bolsa brasileira, são negociadas ações ordinárias e preferenciais do banco, por meio dos tickers ITUB3 e ITUB4, respectivamente.

O banco segue com bom desempenho, sendo a décima primeira empresa entre as vinte mais rentáveis de capital aberto até outubro. Já no terceiro trimestre, o Itaú foi a quarta com maior registro de lucro.

+ 15 ações que pagaram dividendos acima da Selic no último ano

Vivo

Outro patrocinador master da seleção e um dos mais longevos, com parceria iniciada em 2005, a Vivo tem ações do tipo ON negociadas por meio do ticker VIVT3.

O investidor não deve se assustar se ver, no site da bolsa ou outra fonte de informação, o nome Telefônica como detentora das ações da Vivo. O Grupo Telefónica, com sede na Espanha, está presente em dezesseis países, entre eles o Brasil. Por aqui, houve a incorporação da Vivo em 2012 e mudança de todos os serviços para a marca. Por isso, o ticker da Telefônica faz referência a Vivo.

+ Como nasce o código das empresas listadas na B3

Gol

A Gol patrocina a seleção desde 2013 e possui várias opções de investimento: ações ordinárias (GOLL3), ações preferenciais (GOLL4) e units (GOL11), conjunto de duas ou mais ações.

A companhia aérea realizou IPO em 2004 e está listada no Nível 2 de governança da B3, classificação de empresas de acordo com suas regulações internas. Entre outras características, as ações preferenciais do Nível 2 dão direito a voto em situações críticas, como fusões e incorporações da empresa.

+ O que é o Novo Mercado? Entenda o conceito!

Nike

Patrocinadora da seleção brasileira e da maioria dos times presentes na copa do Catar, a Nike está disponível a investidores brasileiros por meio do BDR NIKE34.

Conforme indicado pelo número 34 em seu ticker, trata-se de um BDR Não Patrocinado. Esse é o tipo mais comum do ativo, caracterizado pela não participação da empresa que dá lastro ao recibo de ação (BDR).

Desse modo, a iniciativa de comprar ações de empresa estrangeira e negociar os BDRs correspondentes nasce do banco brasileiro encarregado da operação. A instituição nacional também fica responsável pela divulgação de informações a investidores brasileiros sobre e empresa de origem.

No caso de BDRs Patrocinados, a iniciativa de negociar recibos no Brasil parte da empresa detentora das ações. Para isso, ela contrata uma instituição brasileira para atuar como intermediária.

+ BDRs: mitos e verdades sobre esse tipo de investimento

Coca-Cola

Ao lado de outras companhias como Adidas e Visa, a Coca-Cola é um dos parceiros da Fifa. No Brasil, seus BDRs são negociados pelo ticker COCA34.

A Coca-Cola é uma das empresas estrangeiras que paga dividendos a acionistas. Portanto, quem investe em seus BDRs também recebe parte dos lucros da companhia.

+ Entenda se os BDRs pagam dividendos

Nubank

O banco digital é um dos patrocinadores regionais da Copa do Mundo de 2022. Apesar de ser brasileiro, o banco está listado na bolsa de Nova York e oferece BDRs pelo ticker NUBR33.

Recentemente, a empresa anunciou a mudança de seus BDRs do nível 3 para o nível 1. Isso quer dizer que a oferta dos recibos não será mais supervisionada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e responderá apenas aos órgãos reguladores dos Estados Unidos.

+ Nubank sai da Bolsa? O que vai acontecer com os BDRs do banco digital

Para mais conteúdos de investimento, veja o Hub de Educação Financeira da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias