Investir melhor

Como reinvestir dividendos – e quais são os ganhos ao fazer isso?

Levantamento exclusivo do TradeMap ao Bora Investir listou dividendos de empresas e lucros de reinvestimentos

Mão segurando notas de cem reais
a Inteligência Financeira foi atrás de quem entende do assunto para esclarecer. Foto: Adobe Stock

Levantamento exclusivo do TradeMap ao Bora Investir listou dividendos de empresas e lucros de reinvestimentos

Um dos maiores atrativos da renda variável é o recebimento de dividendos, que permite ao investidor lucrar com suas ações sem precisar vendê-las.

A distribuição de dividendos se dá toda vez que uma empresa listada na bolsa registra lucro – os acionistas recebem 25% desse valor e podem receber até mais, se a empresa assim decidir.

+ 15 ações que pagaram dividendos acima da Selic no último ano

O que pode não ser tão óbvio é que reinvestir os dividendos recebidos é uma boa estratégia para maximizar os lucros.

Um levantamento exclusivo do TradeMap ao B3 Bora Investir mostrou que a técnica pode, em alguns casos, mais do que dobrar o retorno ao acionista, se comparado com números sem o reinvestimento dos dividendos.

Além de maximizar lucros, reinvestir dividendos ameniza perdas que o investidor pode ter ao longo de um período.

Abaixo, o levantamento completo do Trademap:

EmpresaCódigoDividendos (%)Retorno com reinvestimento (%)Retorno sem reinvestimento (%)
Petrobras (PN)PETR457,4688,9812,47
Petrobras (ON)PETR356,2496,3120,92
Gerdau (PN)GOAU418,078,17-12,57
Braskem (PNA)BRKM516,37-32,22-42,34
CPFL (ON)CPFE315,2550,6633,63
Bradespar (PN)BRAP415,2222,17-52,34
Taesa (UNT)TAEE1114,4622,347,62
Cemig (PN)CMIG413,8429,2313,85
Banco do Brasil (ON)BBAS312,4048,3534,28
Gerdau (PN)GGBR411,315,78-6,53
EDP Brasil (ON)ENBR311,1526,7714,84
Copel (PNB)CPLE610,4132,7721,46
Marfrig (ON)MRFG310,29-49,97-56,24
Minerva (ON)BEEF310,0260,1848,51
Fonte: Trademap. Dados de dividendos, retornos com e sem reinvestimento consideram período de 12 meses até o dia 28 de out de 2022

Quais os ganhos do reinvestimento em dividendos?

Segundo explicação da TradeMap, o reinvestimento se dá sempre com a mesma ação. Por exemplo, se alguém comprou ações PETR4 (preferencial) da Petrobras e, com os dividendos pagos, adquiriu ações do mesmo tipo, obteve lucro equivalente a 88,98% do valor inicialmente investido. No caso da pessoa que não reinvestiu, o lucro foi só 12,47% do valor pago.

+ Você sabe o que é uma ação? Entenda o significado de ON, PN e mais

Em outros casos, reinvestir protege o investidor contra eventuais perdas. Na tabela, é esse o caso da Gerdau (GOAU4). Quem não reinvestiu teve prejuízo de 12,57%, isso é, os dividendos não superaram o preço pago pelas ações. Já o investidor que reinvestiu obteve ganho 8,17%.

Vale a pena reinvestir em dividendos?

“Ao receber dividendos, há duas opções: gastar o dinheiro ou reinvestir. No último caso, gera-se juros sobre capital próprio e o investidor obtém esse valor ao final de um período. Reinvestir também é um modo de obter ganho com a valorização da ação, pensando num cenário em que o preço das ações subiram, mas o investidor as comprou com o dinheiro pago por aquela mesma ação”, explica Einar Rivero, diretor da TradeMap.

Vale dizer que cada empresa tem uma política de dividendos, que inclui regras referentes a periodicidade de pagamentos — esses podem ser feitos anualmente, semestralmente, trimestralmente ou mensalmente.

Algumas empresas ainda possuem um Programa de Reinvestimento dos Dividendos, o chamado PRD. Por meio dele, toda vez que houver pagamento de dividendos, ao invés de pagar o dinheiro em conta, a empresa compra mais ações para você, automaticamente, o que faz sua participação no capital da empresa aumentar de forma gradativa. Nesse esquema, fica mais fácil você definir se você quer reinvestir automaticamente todo o dividendo ou uma parte dele porque tudo acontece de forma automática, sem a necessidade de acompanhar a entrada do dividendo, colocar ordem de compra e reinvestir.Quer saber sobre outros meios de investir melhor? Confira o Hub de Educação Financeira da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias