Investir melhor

Quanto custa ir ao México para o Día de Muertos em 2024?

Comemorado nos dias 1 e 2 de novembro, a Fiesta de Muertos é um Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Saiba como se planejar para ir em 2024

Festa do Día de Muertos, no México
Visit Mexico

Por Daniela Frabasile

Cores vibrantes, decoração, fantasias típicas, desfiles, culinária local, história, cultura e espiritualidade. O Dia dos Mortos no México é uma tradição que reúne tudo isso. Declarada pela Unesco como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, em 2008, a data homenageia antepassados falecidos e entes queridos.

Na festa, que acontece nos dias 1 e 2 de novembro, as famílias fazem altares com oferendas aos mortos. Todo o México se transforma em uma grande celebração da morte como mais uma etapa da própria vida. Acredita-se que nessa data, os falecidos podem visitar seus parentes no mundo dos vivos.

Como planejar uma viagem internacional gastando pouco?

Há comemorações por todo o país, entretanto elas diferem um pouco na forma, conta Roberta Redivo, sócia-fundadora da Insight. “Na Cidade do México, capital do país, é comum os visitantes encontrarem desfiles diurnos de rua mais modernos que contemplam os personagens da celebração, como a La Catrina e esqueletos”, diz ela.

Já no interior, os visitantes encontram celebrações mais tradicionais, com famílias em procissão até o cemitério para a celebração do grande encontro com os entes queridos que já partiram. “Mas as caveirinhas de açúcar, um dos pratos típicos, que pela tradição garantem o lugar no paraíso daquele que oferta, estarão por toda a parte”, diz Redivo.

O site Visit Mexico, do governo do país, mostra quais as tradições de cada região.

A comemoração atrai turistas do mundo inteiro. Ficou interessado? Saiba quanto custa viajar para o Día de Muertos no ano que vem e como se planejar.

Onde investir para viajar nas férias ou no feriado prolongado

Quanto custa viajar para o México?

Segundo estimativa do site Quanto Custa Viajar, uma viagem de dez dias para a Cidade do México custa em torno de R$ 6.800 por pessoa. Esse valor considera:

  • Passagem aérea saindo de São Paulo – R$ 3.780
  • Diárias em hotel – R$ 780
  • Alimentação – R$ 1.100
  • Atrações, passeios e atividades – R$ 1.000

Vale lembrar que os valores se alteram bastante a depender da hospedagem e passeios escolhidos. E como a data atrai muitos turistas, os preços podem ser um pouco mais elevados na primeira semana de novembro.

Programas guiados

Para a data, há empresas que fazem tours guiados e levam os turistas a diferentes cidades mexicanas para acompanhar as comemorações de Día de Muertos.

Um roteiro de três noites com hospedagem na Cidade do México e visita ao povoado de San Andrés Mixquic, a cerca de 50 km da capital, por exemplo, saiu por US$ 960 (R$ 4.800, na cotação atual) por pessoa pela Flot Viagens este ano, sem considerar a passagem aérea. Segundo Guilherme Campos, gerente de planejamento da agência, os valores não costumam se alterar muito de um ano para o outro.

“Esse é um programa curto que serve como complemento da viagem ao México. Geralmente os passageiros combinam com visitas às cidades coloniais mexicanas, ou com a região maia de Yucatán”, diz.

Um roteiro feito pela Insight Travel de 8 dias com visitas a celebrações da Fiesta dos Muertos, experiências arqueológicas e tours a sítios arqueológicos organizadas com guias locais para 2024 sai por US$ 3.500 por pessoa. Já um roteiro de 5 noites baseadas na Cidade do México e com visitas a Xochimilco, San Pedro Actopan e Mixquic ficou em torno de US$ 1.375, em 2023.

Com quanto tempo de antecedência se planejar?

Passagem aérea

As companhias aéreas costumam abrir as opções de voo com cerca de 11 meses de antecedência. “Os preços são flutuantes, mas tradicionalmente quanto maior a antecedência, mais chances de se conseguir o melhor preço. Mas entre 6 e 7 meses costuma-se encontrar também boas ofertas”, diz Campos.

Hospedagem

Especialmente se o objetivo for assistir às celebrações no interior do país, Roberta Redivo sugere fazer as reservas com antecedência. “A partir de 10 meses antes da data do evento já é possível garantir hotéis”, diz ela.

+ Milhas: como usar de forma inteligente e evitar o desperdício?

Como se planejar financeiramente?

Com um ano de antecedência, é possível se planejar para fazer a viagem dos sonhos para o México. Primeiro, faça uma pesquisa detalhada de preços e faça um orçamento.

Divida esse valor total por 12. Assim, você já sabe quanto vai precisar guardar por mês para fazer a viagem. Faça os aportes mês a mês. Como o prazo é inferior a um ano, o mais seguro é investir em títulos de renda fixa pós-fixados com liquidez diária, ou que tenham vencimento perto da data da viagem.

Se preferir diversificar e aplicar também em títulos prefixados ou indexados à inflação, se atente ao prazo de vencimento, que deve ser antes da viagem. Afinal, nesses títulos, se você faz o resgate antes do vencimento, está exposto à volatilidade do mercado.

Para a moeda estrangeira, especialistas indicam dividir as compras ao longo do ano. Assim, você também reduz os riscos da volatilidade do câmbio.

Feito isso, basta ver a previsão do tempo e arrumar as malas!

Tire o dinheiro da poupança e planeje seus objetivos com melhores investimentos! Para saber ainda mais sobre investimentos e educação financeira, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias