Objetivos financeiros

Londres x NY: quanto custa viajar para duas das cidades mais conhecidas do mundo

Conheça os gastos para viajar aos dois destinos e como se planejar para ter uma boa experiência

Cidade de Londres e Nova York. Foto: Adobe Stock
Investir para pagar viajar e conhecer as cidades é uma opção. Foto: Adobe Stock

Por João Paulo dos Santos

Viajar para o exterior pode ser a realização de um grande sonho — e, como toda conquista importante, planejar essa viagem exige preparação, estudo e planejamento, independentemente do destino. Cenário de vários filmes, acontecimentos importantes e referências culturais do mundo, Londres e Nova York são dois dos lugares mais queridos pelos brasileiros e queremos te ajudar a conhecê-los.

Mas, para começar, quanto custa viajar para essas que são duas das cidades mais conhecidas do mundo?

Que conhecer Nova York sairia mais em conta financeiramente parece a resposta mais óbvia em qualquer cenário econômico — menos no atual.

Há quase um mês a libra esterlina, moeda oficial do Reino Unido e uma das mais valorizadas do mundo, atingiu o mesmo patamar de valor do dólar, pela primeira vez na história. Essa desvalorização grande é consequência do descrédito do mercado com o anúncio do pacote de cortes de impostos, e aumento de dívidas, que o governo britânico ameaçou colocar em prática. Na quinta, 20, Liz Truss renunciou ao cargo de primeira-ministra britânica, em uma tentativa de acalmar os ânimos dos investidores.

Então, essa pergunta sobre os custos de uma viagem para uma cidade ou outra é realmente bem válida e queremos te ajudar na escolha, ainda que ela envolva muitas variáveis.

Para facilitar a comparação, pegamos os critérios de uma viagem de 10 dias, em março de 2023 (baixa temporada), com hospedagem em hotel, saindo de avião de São Paulo capital.

A simulação foi feita no site Quanto Custa Viajar, que auxilia os turistas a simular, comparar e avaliar os gastos de viagens pelo mundo.

LondresNova York
Passagem aérea: R$ 4.023,23Passagens aéreas: 3.913,65
Alimentação: R$ 326,84 (média por dia)Alimentação: R$ 391,17 (média por dia)
Hotel: R$ 375,50/diaHotel: R$ 561,98/dia
Passeios e atrações: R$ 484,33Passeios e atrações: 532,05
Cotação: 1 Libra esterlina R$ 5,84Cotação: 1 Dólar americano R$ 5,28
Total: R$ 11.970,36Total: R$ 14.267,72

De maneira geral, a viagem para Nova York exigiria um investimento mais alto, mesmo com a cotação do dólar abaixo da cotação da libra. Porém, o custo de hospedagem e alimentação se mostram mais caros na cidade norte-americana do que na capital da Inglaterra.

Dentro do pacote designado para a viagem a Londres, estão os passeios à London Eye, à Torre de Londres, à Tower Bridge e um tour pela cidade. Já em Nova York estão inclusos conhecer o Empire State Building, a Estátua da Liberdade, o Museu Metropolitan e também um tour pela cidade.

É sempre bom lembrar que todos esses fatores podem sofrer com variações de preços de acordo com o estilo de cada comportamento na viagem. Cada pessoa tem sua prioridade com gastos e o valor pode ser maleável com diferentes hospedagens (albergues e hostels ao invés de hotel) ou alimentação (preparar as refeições ao invés de comer apenas em restaurantes). 

Preços de passagens aéreas também podem ser diminuídos com busca por promoções ou compra com milhas. Assim como deve se levar em conta os custos com vistos e passaportes para visitar as cidades.

Férias sem estresse: como planejar suas finanças?

Como me planejar para viajar

Para Daniel Carraretto, influenciador de investimentos e educador financeiro, o planejamento é essencial para uma boa experiência. “Adquira passagens, reserve a hospedagem e programe os passeios com máxima antecedência. Os preços costumam ser mais acessíveis e é mais fácil negociar quando ainda há mais tempo disponível”, alerta.

Assim como o planejamento da viagem vai te ajudar a conseguir um custo melhor no total, se preparar para arcar com os custos durante a viagem, guardando dinheiro ou até mesmo investir para pagá-los, também é essencial até para, quem sabe, estender a viagem por mais dias ou conhecer mais atrações.

“O ideal é você verificar quantos meses você tem até a data da viagem, e dividir o valor total pelo número de meses. Assim terá uma ideia de quanto terá que poupar do seu salário mensal para conseguir acumular o valor necessário até a data da viagem”, afirma Daniel Carraretto.

Segundo o educador financeiro, os investimentos de renda fixa são os mais indicados para objetivos de curto e médio prazo (menos de 5 anos). Tesouro Selic, CDB prefixado ou indexado à inflação com prazo até a data da viagem são exemplos de investimentos possíveis de serem utilizados.

“Quanto antes você começar, melhor. Quanto maior o tempo que você deixar o dinheiro investido, mais os juros compostos irão multiplicar o seu dinheiro, te ajudando a alcançar o valor necessário às vezes até antes do planejado”, indica ele.

Para saber ainda mais sobre investimentos, não deixe de visitar o Hub de Educação da B3.

Este texto sobre viagens pode ser bom começo >> Preparação financeira para a viagem dos sonhos

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias