Organizar as contas

5 jogos de tabuleiro que ensinam educação financeira para crianças

Falar de dinheiro com crianças não precisa ser chato -- esta série de jogos pode te ajudar ( e muito) nessa missão

Crianças jogando jogos. Foto: rawpixel
Crianças jogando jogos. Foto: rawpixel

Por Marília Almeida

Existe uma série de jogos de tabuleiro, desde clássicos a modernos, que ensinam conceitos de finanças pessoais desde cedo.

Para os mais novos, brincadeiras ensinam noções de matemática, necessárias nos jogos, também estão entre as iniciativas que os pais podem tomar para que o aprendizado sobre as finanças seja mais leve.

+ Porquinho na era virtual: como ensinar seu filho a poupar e investir?

Michele Alves, diretora da Ubunttu Gestão Financeira, sublinha a importância de tratar do tema desde cedo. “Nós somos educados pela vivência com a nossa família. Essas referências determinam a nossa relação com o dinheiro no futuro”.

Veja abaixo as opções de jogos e brincadeiras para abordar temas como orçamento pessoal, planejamento financeiro e investimentos:

A partir de 3 anos

Mercadinho

Comprar materiais para simular um mercadinho, inclusive com cédulas de brinquedo, ajudam a criança a ter noções de matemática enquanto ainda são muito novas para receber mesada. “É possível introduzir conceitos como descontos e que o dinheiro é limitado”, diz a diretora da Ubunttu.

Brinquedos de sucata

Criar brinquedos a partir do lixo e da sucata ensinam a criança o valor de reaproveitar o que se usa, passando por conceitos de sustentabilidade e economia circular.

A partir de 5 anos

Banco Imobiliário Júnior

As crianças compram e vendem propriedades, constroem casas e aprendem a controlar seu dinheiro com a versão júnior do jogo, que tem valores mais simples para permitir que elas façam as contas.

“O jogo ensina o conceito de compra como patrimônio, a aquisição cujo intuito é gerar renda no futuro”, diz Paula Bazzo, planejadora financeira certificada pela Planejar.

O pequeno empresário – Pais & Filhos

Assim como o Banco Imobiliário, também trabalha o conceito de geração de renda com aluguéis. O vencedor do jogo será aquele com a maior soma em dinheiro ao final da passagem de todos os peões.

Se o dinheiro de algum jogador acabar durante o jogo, ele poderá pedir emprestado ao jogador mais rico, mas terá que pagar juros.

A partir de 7 anos

Dia de Mesada – Turma da Mônica – NIG

A finalidade do jogo é dar uma ideia para a criança de como administrar sua mesada, ensinando a gastar, trocar e poupar o dinheiro. Além de dar noções básicas de educação financeira, estimula o raciocínio.

É indicado para os pais que planejam dar a mesada, mas gostariam de ensinar alguns conceitos para os filhos antes.

Jogo da Vida Disney – Estrela

A trajetória do jogo exige audácia e é repleta de momentos de sorte e azar. O objetivo é trilhar o caminho do sucesso: desenvolver a carreira e ganhar dinheiro.

A partir de 12 anos

Renda Passiva – Pais e Filhos

No jogo você assume a identidade de um dos seis personagens que estão em busca da liberdade financeira. Com perfis pessoais e profissionais diferentes, cada um deve administrar uma carteira de investimentos cujo retorno financeiro seja maior ou igual aos seus gastos mensais. O primeiro jogador a obter a quantidade de dinheiro necessária para quitar suas dívidas vence o jogo.

O jogo passou pelo crivo do educador financeiro Gustavo Cerbasi e já foi distribuído em centenas de escolas públicas. “Ele estimula a sair de um processo de dívida para o de inteligência financeira, que consiste em usar o dinheiro para gerar mais dinheiro”, aponta Paula Bazzo, planejadora financeira certificada pela Planejar.

Quer ser um jovem investidor? Veja como começar a aplicar seu dinheiro neste curso gratuito oferecido pelo Hub de Educação Financeira da B3

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.