Ações

As 20 ações Small Caps que mais renderam nos últimos 12 meses

Small Caps são papéis de empresas com menor valor de mercado, mas que podem trazer boas rentabilidades para o investidor 

Small Caps. Foto: Adobe Stock
Small caps são ações de empresas de capital aberto com menor valor de mercado dentro da bolsa de valores. Foto: Adobe Stock

As small caps são ações de empresas de capital aberto com menor valor de mercado dentro da bolsa de valores. A classificação de ações na categoria varia entre especialistas e instituições financeiras. Alguns consideram ações small caps como as de empresas com valor de mercado entre R$ 300 milhões e R$ 2 bilhões, outros consideram até R$ 6 bilhões.

Os números podem até impressionar o investidor, mas o valor é pequeno se comparado ao valor das blue chips, as ações mais valiosas negociadas na bolsa de valores. Para se ter uma ideia, o valor de mercado da Petrobras, em fevereiro de 2024, estava estimado em R$ 553 bilhões.

Por outro lado, pode-se encontrar boas opções e bons rendimentos dentro da categoria das small caps.

Por isso, a pedido do Bora Investir, um levantamento feito pelo consultor financeiro da Elos Ayta, Einar Rivero, trouxe as 20 ações small caps, do índice SMLL B3, que mais renderam nos últimos 12 meses. Confira!

EmpresaCódigoSetorRendimento em 2023Rendimento em 12 meses (até 26 de fevereiro de 2024)
C&A ModasCEAB3Tecidos, vestuário e calçados241,92%338,81%
Plano & PlanoPLPL3Incorporações201,35%220,17%
MarcopoloPOMO4Material rodoviário166,61%176,30%
YduqsYDUQ3Serviços educacionais123,19%163,06%
TendaTEND3Incorporações251,42%144,35%
EcoRodoviasECOR3Exploração de rodovias113,88%122,81%
ValidVLID3Serviços diversos143,69%121,84%
HidroviasHBSA3Transporte hidroviário74,34%118,50%
VulcabrasVULC3Calçados70,03%93,99%
IRB Brasil ReIRBR3Resseguradoras71,71%86,04%
EvenEVEN3Incorporações91,88%85,62%
EnautaENAT3Exploração, refino e distribuição50,77%79,65%
LavviLAVV3Incorporações102,99%69,74%
BanrisulBRSR6Bancos48,75%68,09%
Banco PanBPAN4Bancos45,88%67,55%
CopasaCSMG3Água e saneamento53,10%65,37%
UsiminasUSIM5Siderurgia36,03%63,79%
SaneparSAPR11Água e saneamento77,75%61,51%
CyrelaCYRE3Incorporações93,51%60,07%
Cury S/ACURY3Incorporações52,98%60,02%
Fonte: Elos Ayta Consultoria – Einar Rivero

C&A lidera ganhos entre as Small Caps

O principal destaque no último ano é a varejista C&A, cuja ação (CEAB3) acumula uma valorização 338,81% nos últimos 12 meses. 

O segundo lugar ficou com o papel da Plano & Plano (PLPL3), do setor imobiliário, com alta de 220,17%. E a Marcopolo (POMO4), de materiais rodoviários, completa o top 3 com ascensão de 176,30%.

Segundo Sidney Lima, analista da Ouro Preto Investimentos, no caso da C&A, houve o impulso vindo após um intenso processo de modernização operacional, iniciado ainda no IPO, que trouxe mais vendas e ampliou as margens da empresa. 

“Esse processo utilizado pela C&A é conhecido como push & pull. Nele, há um sistema inteligente o qual monitora a demanda pelas peças em tempo real, considerando detalhes como tamanho e cor nos parâmetros regionais, por exemplo”, afirmou ele.

Ângelo Belitardo, gestor da Hike Capital, aponta que os grandes destaques no último ano, como C&A, Plano & Plano, Marcopolo, Yduqs, Valid, Hidrovias e Enauta, triveram em comum a recuperação da rentabilidade sobre o capital operacional investido (ROIC).

José Carlos de Souza Filho, professor da FIA Business School, ainda destaca que as small caps geralmente estão associadas a novos negócios com potencial de crescimento elevado. Daí os grandes ganhos que algumas vêm obtendo.

Destaques nos setores

Para o analista da Ouro Preto Investimentos, os destaques ficaram para os setores de varejo e imobiliário, que se recuperaram após períodos de queda nos anos anteriores, especialmente durante o ciclo de alta dos juros por aqui.

Já o professor da FIA Business School afirma que, se observarmos os segmentos onde existem altos ganhos, nota-se que se tratam de setores mais novos.  

Perspectivas para as Small Caps em 2024

Sidney Lima reforça que o sucesso dessas empresas está fortemente atrelado à economia local, uma vez que muitas delas têm um foco mais doméstico.

“A recuperação econômica do Brasil em 2023, combinada com o início do ciclo de queda dos juros no país e a paralisação da alta dos juros nos Estados Unidos, criou um cenário ideal para a valorização dessas ações. Com isso o mercado começou a reprecificar essas ações mediante a otimização futura de lucro”.

De acordo com o CEO da VG Research, Vicente Guimarães, a perspectiva para o ano corrente depende consideravelmente da melhora do cenário macroeconômico, mas 2024 pode representar um ano mais favorável para essas empresas. 

“É imperativo ressaltar que a análise individual de cada small cap é crucial para uma decisão de investimento fundamentada, levando em consideração suas particularidades e contexto específico”, observa.

Cuidados ao investir

Vicente Guimarães explica que investir em small caps é geralmente considerado mais arriscado do que investir em empresas de grande capitalização (large caps), pois tais papéis tendem a ser mais voláteis. 

“Devido ao seu tamanho menor, as flutuações nos preços das ações podem ser mais acentuadas em resposta a eventos do mercado, notícias ou mudanças nas condições econômicas, além disso sua liquidez é menor, o que significa que pode ser mais difícil comprar ou vender ações dessas empresas sem impactar significativamente o preço de mercado”, ressalta.

Para mitigar os riscos, Guimarães dá algumas dicas de como escolher os papéis que devem compor a carteira.

Diversificação: Divida seus investimentos por diferentes setores e empresas para reduzir o impacto de um desempenho negativo em uma única small cap.

Análise Fundamentalista: Faça uma análise aprofundada das small caps em que está interessado. Isso inclui examinar seus fundamentos financeiros, modelo de negócios, concorrência e perspectivas de crescimento.

Horizonte de Investimento de Longo Prazo: Esteja preparado para manter seus investimentos em boas small caps por um período mais longo. A volatilidade de curto prazo pode ser significativa, mas o desempenho a longo prazo pode ser mais favorável.

Avaliação Realista: Esteja ciente de que algumas small caps podem ser sobrevalorizadas. Avalie realisticamente o potencial de crescimento em relação ao risco.

Acompanhamento Regular: Monitore regularmente o desempenho das pequenas empresas e ajuste sua carteira conforme necessário.

Investir em small caps pode oferecer oportunidades de crescimento, porém é crucial reconhecer e gerenciar os riscos associados a essas empresas menores. “Isso envolve uma abordagem cuidadosa e estratégica para construir e gerenciar sua carteira de investimentos”, conclui Guimarães.

Quer aprender mais sobre investimentos? Confira o curso gratuito do Hub de Educação da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias