Notícias

Brasil x Camarões põe frente a frente economias muito diferentes

“Duelo econômico” expõe fragilidade de Camarões em diversos setores

Arte bandeiras do Brasil e de Camarões.
Brasil leva ampla vantagem no PIB e outras áreas da economia contra Camarões.

Por João Paulo dos Santos

Brasil e Camarões se enfrentam nesta sexta-feira, 2/12, pela terceira e última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo 2022 no Catar. O jogo que acontece às 16h põe frente a frente as seleções em momentos diferentes, seja no futebol ou na economia.

O B3 Bora Investir colocou lado a lado alguns dados dos países que duelam pelo grupo G. Confira os destaques com base nos levantamentos do Data World Bank.

População e expectativa de vida

Na comparação geral do número de habitantes, o Brasil leva ampla vantagem contra o país africano, sendo 213 milhões de brasileiros e 27 milhões de camaroneses. Já na expectativa de vida, o Brasil também se sobressai, tendo 76 anos de expectativa contra 60 dos nascidos em Camarões.

+Como investir nas empresas que estarão em campo na Copa?

Brasil na frente no Índice de Capital Humano (HCI)

O Índice de Capital Humano (HCI na sigla em inglês) é um relatório elaborado pelo Banco Mundial, que mede quais países são os melhores na mobilização do potencial econômico e profissional de seus cidadãos. O Brasil tem vantagem no indicador, com 0,6, enquanto Camarões tem 0,4 – o índice é medido de 0 a 1.

Goleada brasileira no PIB

A maior diferença econômica entre os dois países se dá no PIB. O Brasil conta com um PIB corrente de mais de um trilhão e meio de dólares (US$ 1.608 trilhão). Já Camarões tem seu Produto Interno Bruto em torno de US$ 45 bilhões. Na distribuição per capita, PIB/habitantes, a diferença ainda se sobressai, com nosso país tendo US$ 7.518 e o país africano com US$ 1.661. A economia de Camarões é muito dependente de produtos primários como o cacau e o petróleo.

+Escalação de investimentos para defesa, meio de campo e ataque

Moeda de Camarões desvalorizada ante Real

A moeda do país africano é o Franco CFA Central, moeda de seis estados independentes na África Central: Camarões, República Centro Africana, Chade, República do Congo, Guiné Equatorial e Gabão. A moeda é bem desvalorizada ante ao Real: 1 Franco CFA Central vale R$ 0,0084.

Destaque para Camarões no quesito Meio Ambiente

Se no PIB Camarões perde para o Brasil, no quesito Meio Ambiente o país faz jogo duro. Se o Brasil tem vantagem em porcentagem de área florestal (59% contra 43%, segundo dados de 2020), os camaroneses emitem bem menos CO2, 0,4 toneladas per capita, contra 2,1 do Brasil. 

Acesso a energia e energia limpa

Se tem destaque na baixa emissão de CO2 no país, Camarões peca quando o assunto é energia. Segundo dados do World Bank, apenas 64,7% da população têm acesso a ela, enquanto no Brasil, 100% da população já pode ter energia elétrica. No âmbito ESG da energia, 12% da energia produzida no Brasil vem de fontes renováveis, já em Camarões a porcentagem é de 1,1.

Quer saber mais sobre educação financeira, investimentos e economia? Acesse o Hub de Educação da B3 e confira os cursos gratuitos.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.