Mercado

Ibovespa fecha em queda de 0,83%, a 107.829 pontos, com críticas de Lula ao BC no radar

Atritos entre Lula e o Banco Central e falas do presidente do Fed também afetaram o dólar, que subiu a R$ 5,1991

Sede da Bolsa de Valores em São Paulo, com grande telão mostrando as cotações das ações
Situação do arcabouço fiscal impediram que a alta da Petrobras carregasse o índice para desempenhos melhores Foto: Divulgação

Por João Paulo dos Santos

A bolsa brasileira teve dia de queda no seu principal índice de ações, o Ibovespa B3, que recuou 0,83%, a 107.829 pontos, nesta terça-feira, 7. O mercado esteve atento às mais novas declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que voltou a criticar o Banco Central (BC) pela alta dos juros no país. Investidores também tiveram no radar a fala do presidente do Federal Reserve (Fed), que afirmou que o banco central norte-americano deve continuar a aumentar os juros no país.

Os destaques negativos entre ações mais negociadas do pregão ficaram com Petrobras PN (PETR4), que cedeu 0,62%, Itaú Unibanco PN (ITUB4), que caiu 2,31% e Magazine Luiza (MGLU3), que recuou 1,94%. Na ponta positiva, Vale (VALE3) operou com volatilidade, mas fechou em alta de 0,66%.

Lula volta a criticar o BC

Depois de dizer no dia de ontem, durante posse de Aloizio Mercadante como presidente do BNDES, que era uma “vergonha” os juros estarem tão altos, o presidente Lula deu declarações críticas mais uma vez ao BC. Nesta terça-feira, o presidente afirmou que “não é possível que a gente queira que este país volte a crescer com taxa de 13,75%. Nós não temos inflação de demanda”.

Já o presidente do Banco CentralRoberto Campos Neto, defendeu nesta terça-feira, a autonomia da autoridade monetária do país durante palestra num evento em Miami, nos Estados Unidos.

Powell diz que Fed pode continuar aumentando juros nos EUA

O presidente do banco central dos Estados Unidos, Jerome Powell, disse no dia de hoje que o Fed pode continuar subindo as taxas de juros do país se o mercado de trabalho permanecer aquecido. 

A fala vem após o relatório de empregos dos EUA, o payroll, apresentar abertura de mais de 500 mil vagas, mais do que o dobro esperado pelo mercado. A queda do desemprego nos EUA é a menor taxa em mais de meio século.

Dólar fecha em alta

Na esteira das falas de Lula e Powell, o dólar teve alta nesta terça-feira, subindo 0,51%, a R$ 5,1991.

Petróleo alavanca mais de 3% e bolsas sobem

As declarações do presidente do Fed, assim como a expectativa com alta da demanda pela abertura econômica da China e sanções à Rússia fizeram os preços do petróleo alavancar no dia de hoje. O barril da commodity WTI subiu 4,09%, a US$ 77,14, enquanto o Brent teve alta de 3,33%, a US$ 83,69.

Os principais índices das bolsas nos EUA também refletiram positivamente as falas do presidente do Fed, que também afirmou que a inflação está caminhando para a meta. O Nasdaq subiu 1,90%, a 12.113,79 pontos, enquanto o S&P 500 teve alta de 1,29%, a 4.164,04 pontos e o Dow Jones variou 0,78% positivamente, a 34.156,85 pontos.

Quer entender o que é macroeconomia e como ela afeta seu bolso? Acesse o curso gratuito Introdução à Macroeconomia, no Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias