Notícias

Terceira prévia da carteira do Ibovespa B3 que entra em vigor em setembro conta com 86 ativos

Bolsa também divulga hoje a terceira prévia da carteira dos demais índices, como ISE e IBRX-100, que vão vigorar a partir de setembro

Ibovespa
O Ibovespa é o principal índice de ações da B3, a Bolsa de Valores do Brasil

Por Redação B3 Bora Investir

A terceira prévia da nova carteira do Ibovespa B3 vai vigorar de 4/9 a 29/12 de 2023 e conta com 86 papéis de 83 empresas brasileiras (ações ordinárias, ON, e preferenciais, PN, de uma mesma companhia também podem integrar o indicador). A prévia, com base no fechamento do pregão de 30/8/2023, registra a entrada das empresas PetroReconcavo ON (RECV3) e do Grupo Vamos ON (VAMO3) e a saída da Meliuz ON (CASH3).

Os cinco ativos com maior peso na composição do índice na terceira prévia são:

  • Vale ON (13,978%)
  • Petrobras PN (7,238%)
  • Itaú Unibanco PN (6,459%)
  • Petrobras ON (4,459%)
  • BRADESCO PN (3,791%)

Prévia da carteira dos índices B3

A composição das carteiras do Ibovespa B3 e dos demais índices de ações calculados pela bolsa do Brasil é revisada a cada quatro meses, em janeiro, maio e setembro, com a possibilidade de entrada e saída de empresas de acordo com a metodologia de cada índice.

Ibovespa B3: veja curiosidades sobre o índice que completa 55 anos

Além da carteira oficial, a B3 divulga três prévias das carteiras, antes da divulgação da carteira definitiva, para que investidores e gestores de fundos, por exemplo, tenham previsibilidade quanto à necessidade de fazer ajustes no peso de cada papel em suas alocações:

  • 1ª prévia: no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira (1/8/2023);
  • 2ª prévia: no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira (16/8/2023);
  • 3ª prévia: no penúltimo pregão do último mês de vigência da carteira (31/8/2023); e
  • Carteira definitiva (4/9/20

Ibovespa B3

O Ibovespa B3 reúne os ativos com maior volume negociado no pregão da bolsa do Brasil e serve de referência para investimentos como os ETFs (Exchange traded fund), fundos de investimentos listados em bolsa que replicam o desempenho de um índice de referência, além dos futuros de Ibovespa e as opções sobre Ibovespa.

A porta de entrada, que vai definir se um papel será incluído ou não no índice, é a liquidez, ou seja, a capacidade que essa ação tem de ser comprada ou vendida rapidamente pelos investidores.

Ibovespa teve o melhor 1° semestre desde 2019: veja o porquê

Com os índices, os investidores conseguem acompanhar o desempenho de carteiras formadas por ações de diferentes segmentos da economia, além de poderem diversificar seus investimentos por meio de produtos financeiros referenciados a esses índices.

Conheça a terceira prévia dos demais índices da Bolsa

A B3 também divulga hoje a terceira prévia dos demais índices de ações calculados pela bolsa do Brasil. Hoje, são mais de 26 índices divididos em índices amplos, de governança, por setores da economia e ESG.

Além dos índices amplos como o IBrX 100 B3 e o IBrX 50 B3, há índices setoriais, como o IFIX B3, que acompanha o desempenho médio das cotações dos fundos imobiliários negociados na bolsa; o IAGRO B3, ligado ao agronegócio; além dos índices ESG, como o ISE B3, que reúne as empresas com as melhores práticas de sustentabilidade, o IGPTW B3, que reúne as melhores empresas para trabalhar e o ICO2, que oferece aos investidores um indicador com empresas que medem suas emissões de gases de efeito estufa.

Se você quiser aprender sobre como começar a investir, este curso gratuito sobre o tema pode te ajudar: Aprenda a investir em ações!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias