Organizar as contas

4 dicas para casais não brigarem por dinheiro

Pesquisa apontou que 46% dos casais brasileiros brigam por questões financeiras

Finanças casais. Foto: Adobe Stock
Um estudo da Onze, fintech de saúde financeira, mostrou que 31% dos casais não realizam nenhum controle de suas finanças. Foto: Adobe Stock

Por João Paulo dos Santos

A vida a dois traz muitas responsabilidades e, quando o assunto é finanças familiares, não é diferente. Um estudo da Onze, fintech de saúde financeira, mostrou que 31% dos casais não realizam nenhum controle de suas finanças e apenas 35% controlam os gastos de forma conjunta. Além disso, outra pesquisa realizada pelo SPC Brasil apontou que cerca de 46% dos casais brasileiros brigam por questões financeiras.

Diante desses dados, fica claro que a vida financeira entre casais é um assunto que precisa ser debatido com frequência. Somente dessa forma será possível organizar o orçamento.

Por isso, Patrick McDougall, CEO da Drip, fintech de soluções financeiras, elencou quatro dicas de educação financeira para que os casais não deixem que o dinheiro atrapalhe o relacionamento. Confira!

  1. Reserva de emergência para casais

A reserva de emergência nada mais é do que um valor economizado para cobrir despesas fixas em caso de situações inesperadas. Especialistas afirmam que não se deve começar a investir sem antes ter essa reserva.

“Ter uma reserva de emergência é importante para todo casal que deseja se preparar para momentos de instabilidade. Como o nome já sugere, a reserva de emergência é um dinheiro guardado exclusivamente para dificuldades inesperadas, como desemprego e problemas relacionados à saúde”, pontua McDougall.

+ Casais têm dificuldade para falar sobre ambições financeiras. Isso gera disputa, diz Cerbasi

  1. Acompanhamento de gastos mensais

É de extrema importância que o casal mantenha o acompanhamento do orçamento mensal dos gastos para evitar desequilíbrios financeiros. O grande objetivo desse orçamento é prever os gastos, organizar as contas e garantir que exista um equilíbrio nas entradas e saídas do mês. Porém, para que o orçamento mensal funcione, é necessário mais do que apenas planejar: é preciso colocar a mão na massa. 

“Todo casal precisa acompanhar seus gastos, seja individualmente ou em conjunto, para evitar que superem a soma das rendas. Se ambos dividem uma conta bancária, pode ser mais fácil centralizar e organizar as despesas comuns, como as da casa. Mas se cada um possui uma conta pessoa física, usar um aplicativo e visualizar as movimentações todos os meses é o melhor caminho para organizar as finanças”, aconselha o CEO.

  1. Casais x cartão de crédito: como limitar o uso?

A maior parte das dívidas dos casais está vinculada ao mau uso do cartão de crédito. Segundo o especialista, uma dica é limitar o uso a um valor específico por mês ou até mesmo a determinados tipos de compra. Afinal, em muitas situações o cartão de crédito pode ser um aliado.

Desta forma, é importante o casal analisar o orçamento e entender até quanto ambos podem gastar no cartão de crédito sem que a vida financeira seja comprometida.

+ Parcelar ou pagar o mínimo: qual a alternativa menos pior para cartão de crédito?

  1. Falem sobre finanças pessoais

O diálogo a respeito das finanças é indispensável para todo casal que deseja evitar o estresse relacionado a vida financeira. Por isso, se o casal é próspero e possui um relacionamento com planos para o futuro, a pauta de dinheiro deve ser tratada com transparência. 

“A receita para o sucesso financeiro a dois é estabelecida no planejamento e na organização financeira para o alcance dos objetivos e sonhos do casal”, afirma McDougall.

Para outras orientações sobre finanças pessoais, confira os conteúdos da B3 Educação!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.