Organizar as contas

Como economizar no natal? 4 dicas essenciais

Numa época que favorece gastos impulsivos, planejamento antecipado é fundamental para economizar no Natal

Homem com gorro de natal contando dinheiro
Para que as despesas de Natal não pesem no bolso, vale a pena adotar algumas práticas de planejamento financeiro. Foto: Adobe Stock

Presentear entes queridos, uma ceia inesquecível com a família e o recebimento do décimo terceiro são alguns dos estímulos para gastos desenfreados em dezembro. Para que essas despesas não pesem no bolso e 2024 comece no azul, vale a pena adotar algumas práticas de planejamento financeiro que irão te ajudar a economizar no natal.

Confira a seguir quatro dicas para controlar os gastos do Natal!

1 – Para economizar no Natal: cuidado com as propagandas

Segundo a planejadora e educadora financeira Carol Stange, “o final do ano é um período em que o consumidor é bombardeado por propagandas que o incentivam a gastar. A espiral de compras que muitas pessoas entram nessa época é causada pelo gatilho da escassez e pelo otimismo típico do fim do ano.”

O gatilho da escassez é um mecanismo de marketing que pode te impedir de economizar no Natal, ele dá a um produto a impressão de ser o último disponível. Slogans como “restam apenas duas unidades” ou “chance única” são exemplos dessa técnica que levam pessoas a gastos imprevistos.

2 – Planeje durante o ano todo o que comprará no Natal

Outro comportamento típico do Natal é dar presentes para si mesmo. Não há nada de errado com essa prática, mas quando as compras são feitas por impulso e extrapolam o orçamento, podem se tornar um problema.

“Essa é uma prática de compensação”, explica Stange, “é o caso de uma pessoa que trabalhou o ano inteiro e no Natal quer ter a satisfação de ganhar um presente. Para que isso não se configure como uma compra compulsiva, o ideal é que o presente seja planejado ao longo do ano e que exista a reflexão sobre o que de fato é necessário.”

Saber o que deseja e pensar com antecedência pode te ajudar a economizar no Natal!

+ Como não deixar as festas de final de ano virarem ressaca financeira?

3 – Estabeleça limites de verba para economizar no Natal

Prática ainda mais comum é presentear amigos e familiares. A situação é parecida com o último tópico: não há nada de errado em agradar alguém, mas não vale se endividar.

“A recomendação nesse caso é estabelecer limites de verba para cada pessoa que será presenteada. Isso evita que se gaste muito com alguns e pouco com outros, além de manter o orçamento controlado”, observa Stange.

4 – Ensine as crianças a controlar gastos

Se os adultos já são estimulados a comprar no Natal, as crianças ficam ainda mais sujeitas a propagandas e ao anseio por produtos novos. Há pais que até evitam levar crianças a shoppings nessa época do ano, mas Stange acredita que existe outra solução:

“O Natal pode ser uma grande oportunidade de aprendizado para as crianças. Para que isso aconteça, é importante que os pais conversem com seus filhos. Uma boa ideia pode ser sugerir à criança que faça uma lista de presentes que gostaria de ganhar e pedir que ela escolha só um”, recomenda Stange.

Quer saber mais sobre educação financeira para o novo ano? Confira o curso gratuito ‘Ano Novo, Contas em dia!’ do Hub de Educação da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias