Ações

Ações do setor de serviços lideram ganhos da B3 no 1° semestre; veja o ranking

Levantamento feito com exclusividade para o Bora Investir mostra os desempenhos de cada setor da Bolsa no primeiro semestre deste ano

Linhas de gráfico numa tela de computador
A Bolsa de Valores divide suas ações em setores baseados na atuação das empresas na economia real. Foto: Adobe Stock

Que o setor de serviços é o maior empregador do Brasil, você já sabia. Mas, durante os primeiros seis meses de 2023, as sete ações que compõem o setor de “serviços diversos” da B3 também tiveram os melhores desempenhos na bolsa, segundo levantamento do Trademap. O retorno de 44,87% decorreu da expectativa de queda na taxa básica de juros, segundo especialistas ouvidos pelo Bora Investir

Depois, vem a categoria dos tecidos, vestuário e calçados, com avanço de 42,35%, e a construção civil, que teve ganhos médios de 39,19% no semestre que se encerrou. Já as maiores perdas médias foram do setor de mineração, que regrediu 21,31%; computadores e equipamentos, com queda de 14,29%; e hotéis e restaurantes, com baixa de 7,86%.

Veja o ranking:

PosiçãoQuantidade de açõesSetorVariação porcentual
7Serviços diversos44,87
16Tecidos vestuário e calçados42,35
24Construção civil39,19
13Transporte30,87
11Exploração de imóveis28,14
4Viagens e lazer27,66
23Intermediários financeiros26,25
8Material de transporte19,83
4Madeira e papel17,97
10°10Diversos17,94
11°13Máquinas e equipamentos17,70
12°7Telecomunicações16,85
13°14Programas e serviços16,34
14°33Energia elétrica12,17
15°8Serviços financeiros diversos11,22
16°19Comércio10,86
17°10Serviços médico-hospitalares, análises e diagnósticos10,74
18°12Comércio e distribuição10,31
19°3Utilidades domésticas10,24
20°5Água e saneamento10,10
21°3Automóveis e motocicletas8,97
22°12Petróleo gás e biocombustíveis5,14
23°6Químicos4,88
24°3Holdings diversificadas4,35
25°8Previdência e seguros3,99
26°8Agropecuária-0,29
27°9Alimentos processados-1,57
28°4Construção e engenharia-2,68
29°7Siderurgia e metalurgia-4,52
30°3Hotéis e restaurantes-7,86
31°3Computadores e equipamentos-14,29
32°5Mineração-21,31
Fonte: Trademap

Serviços na dianteira

O setor de serviços se destacou na colocação. O sentimento positivo dos investidores, que realizaram aportes nas empresas da categoria, foi incentivado pelos resultados de crescimento e consumo positivos deste ano.

Serviços têm tido números positivos de crescimento no semestre, acima do esperado pela maior parte dos analistas”, afirma Rachel de Sá, chefe de economia da Rico.

O que é taxa Selic? Entenda como ela afeta seu dinheiro

A razão está na recomposição do poder de compra da população com a desaceleração da inflação, o que permite que maiores parcelas do orçamento sejam destinadas a gastos que não sejam essenciais. Também pesa a expectativa da queda na taxa básica de juros do Brasil, a Selic, nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.

Isso porque, à medida que os juros básicos caem e a curva de juros precifique taxas menores, as compras parceladas e a aquisição de crédito por parte da população ficarão mais baratos. Assim, os setores da economia ligados ao consumo tendem a se beneficiar, à medida que venderão mais e terão mais capital para se expandir.

Quer entender o que é macroeconomia e como ela afeta seu bolso? Acesse o curso gratuito Introdução à Macroeconomia, no Hub de Educação da B3.

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias