BDRs

Conheça o Top 10 dos BDRs mais negociados na Bolsa do Brasil

BDRs vêm se popularizando como boa opção de diversificação e oportunidade de investimento no exterior

Fotos: Divulgação Tesla e Mercado Livre
Os BDRs não são ações, propriamente, mas certificados de ações emitidos por empresas estrangeiras. Fotos: Divulgação Tesla e Mercado Livre

Por João Paulo dos Santos

Quem tem ações de empresas brasileiras já deve ter se perguntado se é possível comprar um pedacinho, ainda que pequeno, de uma gigante global, como Google, Tesla e Meta (antigo Facebook). A boa notícia é que, mesmo sem ter uma conta no exterior, é possível investir em empresas internacionais por meio dos BDRs (Brazilian Depositary Receipts).

Os BDRs não são ações, propriamente, mas certificados de ações emitidos por empresas estrangeiras que permitem aos brasileiros compor suas carteiras com esse tipo de papel.

Assim como no caso de ações de empresas nacionais, o investidor pode ganhar com a valorização do ativo e com a distribuição de dividendos. Outra oportunidade de retorno é com a valorização do dólar em relação ao real, já que os BDRs são negociados no mercado internacional, mas sua cotação é na moeda nacional.

A opção é relativamente recente para investidores pessoas físicas. Até o final de 2020 só investidores qualificados (com mais de R$ 1 milhão investido) tinham acesso aos BDRs. Porém, desde então, o ativo vem se popularizando por suas características. Por isso separamos o Top 10 dos BDRs mais negociados na B3.

Confira os 10 BDRs mais negociados na B3 nos últimos 12 meses:

EmpresaBDRParidade Ação:BDRVolume Médio de Negociações Diárias (em 12 meses)
TeslaTSLA341:3271.504
Mercado LivreMELI341:12061.357
MetaM1TA341:2822.975
AppleAAPL341:1021.953
AlphabetGOGL341:1221.068
Alibaba GroupBABA341:2820.187
MicrosoftMSFT341:2419.742
AmazonAMZO341:2016.281
NvidiaNVDC341:414.840
NetflixNFLX341:5012.150
Fonte: B3

+BDRs: mitos e verdades sobre esse tipo de investimento

Segundo o analista de investimentos da Empiricus, Richard Camargo, por se tratar de um mercado em desenvolvimento, as pessoas buscam investir em empresas que lhe são familiares, que elas conhecem. 

O Top 3 do ranking traz a Tesla, de Elon Musk, no topo dos BDRs mais negociados, seguido pelo Mercado Livre. As duas empresas tiveram ADTV (Volume médio de negociações diárias) de 71.504 e 61.357, respectivamente. No terceiro lugar aparece a Meta, holding do Facebook, com ADTV de 22.975.

Para Camargo, essa disparidade de Tesla e Mercado Livre na ponta dos BDRs negociados se dá principalmente pelo fator Elon Musk, no caso da Tesla, e pelo fato de que apesar do Mercado Livre ser uma empresa listada no exterior, sua principal representatividade operacional é no Brasil. 

Negociados na B3, os BDRs são uma alternativa para diversificar investimentos e reduzir riscos inerentes ao cenário nacional. E, como dependem de uma instituição brasileira (bancos ou a B3), não é preciso se preocupar com questões complexas como remessas ou tributação internacional.

Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre BDRs? Faça os cursos gratuitos no Hub de Educação Financeira da B3!

Sobre nós

O Bora Investir é um site de educação financeira idealizado pela B3, a Bolsa do Brasil. Além de notícias sobre o mercado financeiro, também traz conteúdos para quem deseja aprender como funcionam as diversas modalidades de investimentos disponíveis no mercado atualmente.

Feitas por uma redação composta por especialistas em finanças, as matérias do Bora Investir te conduzem a um aprendizado sólido e confiável. O site também conta com artigos feitos por parceiros experientes de outras instituições financeiras, com conteúdos que ampliam os conhecimentos e contribuem para a formação financeira de todos os brasileiros.

Últimas notícias